Como montar uma loja de roupa: confira 10 dicas!

Equipe TOTVS | 02 julho, 2022

O setor que mais abriu lojas em 2021 foi o de vestuário, segundo dados do Sebrae. Com perspectivas positivas, muitas pessoas têm se interessado por esse setor. No entanto, para quem está começando, vem a dúvida: como montar uma loja de roupa?

Essa pergunta pode ser a sua e de muitas outras pessoas que pensam em investir nessa área. E, para tirar essa vontade do papel, é preciso planejar todas as etapas, desde a definição do público-alvo até o controle adequado de estoque. 

Pensando nesse passo a passo, resolvemos trazer esse conteúdo para ajudar você na hora de abrir sua loja de roupa. Para isso, vamos mostrar como isso pode ser feito na prática. Vamos nessa? Boa leitura!

Passo a passo de como montar uma loja de roupas

Uma pesquisa feita pelo Sebrae SP (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) apontou que 9 em cada 10 dos empreendedores entrevistados não têm formação em moda. Além disso, 38% deles vieram de outro segmento

Por isso, mesmo que você não seja da área e nunca tenha trabalhado com isso, o setor de vestuário continua sendo uma ótima oportunidade.

Então, afinal, o que se precisa para abrir uma loja de roupas? Muito mais do que planejamento, para abrir esse tipo de negócio o é importante:

  • definir seu público-alvo;
  • fazer uma análise do mercado;
  • escolher quais produtos serão vendidos;
  • definir se a loja será física ou online;
  • escolher o nome da sua loja;
  • organizar suas finanças;
  • atentar à documentação necessária;
  • investir em estratégias de marketing;
  • contar com uma equipe qualificada;
  • fazer o correto controle do estoque.

A partir de agora, vamos falar mais sobre cada um desses 10 passos e, assim, você vai descobrir como montar uma loja de roupas de sucesso. 

1. Defina seu público-alvo

O setor de vestuário é fortemente investido e, por isso, tem um elevado nível de competitividade. A primeira coisa que você deve considerar é um público-alvo, ou seja, um grupo específico de consumidores a que a sua empresa vai atender. 

É importante que você faça um recorte, pois atingir todos os públicos ao mesmo tempo é uma tarefa muito mais difícil do que atingir apenas um. 

Além disso, quanto mais amplo for o leque de potenciais consumidores do seu negócio, maior é a concorrência.Portanto, para traçar o perfil do seu cliente, você deve definir diversos aspectos, como gênero, faixa etária, renda e formação. 

No entanto, é fundamental ir além disso. Questione também: o que essas pessoas buscam? Quais são as necessidades delas que precisam ser atendidas? Quais são os seus hábitos? 

Quanto mais você souber sobre o seu público-alvo, mais fácil vai ser atender às expectativas dele. 

2. Faça uma análise do mercado 

Seguindo com os passos sobre como abrir uma loja de roupas, você deve fazer um estudo de mercado após o estudo de público-alvo. Isso é fundamental tanto para compreender seus concorrentes quanto para entender o comportamento geral do setor de vestuário.

Uma pesquisa de benchmarking é crucial para dar solidez ao seu negócio. Ao identificar os pontos fortes e fracos dos concorrentes, você pode construir uma estratégia própria que considere esses aspectos.

Já a análise de mercado permite que você conheça os setores mais competitivos e, ainda, áreas pouco exploradas. Assim, você consegue identificar oportunidades de negócio e ganhar um diferencial competitivo. 

Um exemplo de setor que você pode investir e tem um grande potencial é o mercado plus size. Menos de 18% das lojas focam nesse público. Ou seja, há um espaço com potencial nesse nicho de mercado.

3. Escolha quais produtos serão vendidos

O terceiro passo é escolher quais produtos você vai vender na sua loja de roupas. Como já foi dito, há vários tipos de roupas, que são voltadas para diferentes perfis de consumidores. Você precisa, portanto, alinhar seu produto ao seu público.

É possível trabalhar com diversas roupas para um mesmo grupo de pessoas. Desde roupas casuais, passando por roupas de academia e de trabalho. Não faltam opções.

Além disso, você deve definir se vai fazer parte da confecção dos produtos ou vai depender de fornecedores. O mesmo levantamento do Sebrae citado antes descobriu que 98% dos empresários têm fornecedores e 2% vendem o que fabricam. 

Se você optar por fornecer os seus produtos a partir da confecção de terceiros, pode escolher entre diferentes fornecedores do mesmo produto ou ter uma rede fixa de fornecedores. Essa escolha é crucial, pois interfere diretamente no custo final do produto que você vende.

Além disso, antes de vender seus produtos, teste a qualidade dos que são fornecidos por outras empresas e que vão ser oferecidos aos seus futuros clientes.

4. Como montar uma loja de roupa: defina se a loja será física ou online

A formatação da sua loja é de extrema relevância. Você vai optar por ter um ponto presencial ou toda a venda será online? Os dois formatos possuem vantagens e desafios.

A loja física precisa não só ter uma boa localização como deve ser um local compatível com seu público-alvo. Deve-se observar a movimentação do local, as lojas ao redor, a facilidade de estacionamento e, principalmente, o preço do aluguel.

Alguns desafios envolvem o fato de a loja física envolver custos de infraestrutura e manutenção próprios de um estabelecimento e, ainda, ter um horário de funcionamento limitado.

Por outro lado, uma loja virtual elimina a preocupação de se ter um espaço para dispor suas roupas. Você pode investir no e-commerce como forma de alcançar seu público.

Além disso, não é preciso se preocupar com horário, pois os consumidores podem fazer compras sozinhos a qualquer momento. Ao mesmo tempo, apesar de poder conferir todas as informações do produto, os consumidores não podem provar a peça de interesse.

omni by moddo

5. Escolha o nome da sua loja

Sua loja não pode existir sem nome. E ele precisa ser original. Portanto, antes de escolher um nome você deve sempre checar se ele já não é usado por outro negócio similar.

É fundamental que seu nome esteja atrelado aos valores da  sua marca e, claro, aos seus produtos. O importante é ser criativo. Não se preocupe em criar algo difícil, mas sim em ter um nome que comunique algo.

Junto com o nome que você vai dar ao seu negócio, é fundamental pensar no slogan da sua marca, de maneira associada. Assim, eles serão bem mais coesos e isso vai ajudar você na sua divulgação posterior. 

Caso você esteja na dúvida de qual nome escolher, pode realizar uma pesquisa com os potenciais clientes para descobrir quais nomes eles preferem de acordo com suas sugestões. Trata-se, inclusive, de uma maneira de gerar curiosidade e interesse sobre o seu futuro negócio.

6. Organize suas finanças

Não se pode começar um negócio sem planejamento financeiro. Por isso, quem quer saber como montar uma loja de roupa precisa entender como organizar as suas finanças.

Você não pode deixar para se preocupar com o financeiro depois que o negócio já estiver funcionando. Esse passo deve acontecer antes da loja abrir.

Assim, todos os gastos precisam ser levados em conta na hora de saber qual é o custo de montar uma loja de roupas: dispêndios com fornecedores, aluguel do ponto comercial, custos fixos e de manutenção, salário de funcionários e até investimento em marketing.

Isso é muito importante, principalmente no começo, quando é muito mais comum que a loja não tenha um elevado faturamento. O planejamento financeiro deve ser uma ferramenta de controle para garantir a saúde do caixa.

7. Atente-se à documentação necessária

A documentação é crucial para que seu negócio não tenha problemas. Se você deseja montar uma loja de roupas, é preciso legalizá-la com diversos documentos.

Nenhuma loja pode existir, por exemplo, sem um CNPJ. O tipo, no entanto, vai depender do tamanho de sua empresa e do faturamento dela. 

Caso seja de até R$81 mil por ano e tenha a contratação de apenas um funcionário, você pode abrir um MEI (Microempreendedor Individual).

Ao ter um CNPJ, sua empresa vai poder prestar contas a partir de notas fiscais e pagar os encargos necessários. Além disso, é necessário que sua loja tenha uma conta bancária vinculada a esse número.

Além do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, é preciso ter a inscrição estadual, o contrato social e o registro na junta comercial. Caso sua loja seja física, você vai precisar reunir dados como:

  • alvará de funcionamento;
  • licença do corpo de bombeiros;
  • licença da vigilância sanitária;
  • registro na Previdência Social.

8. Invista em estratégias de marketing

Qualquer comércio precisa ser divulgado. Por essa razão, saber como montar uma loja de roupas envolve entender como investir em marketing e isso é tão importante quanto compreender como gerenciar seu negócio.

Criar um planejamento de divulgação envolve escolher as estratégias que melhor conversam com a sua marca. Inclusive, é importante que a divulgação comece antes mesmo de a loja estar aberta para que isso possa despertar interesse no seu público. 

Se você tem uma loja de roupa online, o marketing digital é ainda mais importante, afinal, as pessoas só vão encontrar seu espaço virtual dessa maneira, seja ele em um site, uma rede social ou em um marketplace. 

Na internet, suas campanhas podem incluir email marketing, tráfego pago e tráfego orgânico, como marketing de conteúdo. Independentemente de qual forma preferir para fazer sua publicidade, não esqueça de ter um orçamento definido para isso.

9. Conte com uma equipe qualificada

Se você quer que seu negócio cresça, você não vai trabalhar sozinho. É por isso que quem deseja abrir uma loja de roupa precisa saber como recrutar profissionais para trabalhar ao seu lado também.

A depender da proporção da sua loja de roupas ou caso ela seja presencial, você vai precisar de vendedores, atendentes e caixa. Além disso, você pode precisar de pessoas especializadas em marketing, por exemplo, para comandar essa área da sua empresa.

Como são funções que trabalham diretamente com o público, é crucial escolher pessoas simpáticas, empáticas e comunicativas. O atendimento ao cliente interfere na forma como o consumidor percebe seus produtos e a sua marca.

Ainda, manter uma relação positiva com todos os colaboradores da sua loja é o que vai fazer com que ela seja bem-sucedida, pois as pessoas vão fazer parte de um ambiente que as motive a trabalhar.

10. Faça o correto controle do estoque

Por fim, montar uma loja de roupas envolve o controle do estoque. Contudo, como ele é feito depende do porte inicial da sua empresa e de quanto espaço existe.

Um dado interessante do mesmo relatório do Senac é que 72% dos empresários de lojas de roupas possuem estoques de mercadorias. E 32% deles têm o controle automatizado, ou seja, tudo é feito pelo sistema.

Isso é muito importante para garantir que não se tenha mercadoria a mais e também não se tenha a menos, ambas situações que podem trazer prejuízos ao negócio. Nesse aspecto, o fornecedor escolhido faz toda a diferença. 

Quando se conhece bem a demanda do cliente, fica muito mais fácil organizar o estoque de forma sustentável. 

Como montar uma loja de roupa: dúvidas frequentes

Além de mostrar o passo a passo de como abrir uma loja de roupas, vamos responder a algumas perguntas frequentes sobre o tema.

Quanto preciso para abrir uma pequena loja de roupas?

Abrir uma loja pequena de roupas envolve alguns gastos que podem variar de acordo com a localização, o produto e o estoque. De forma geral, o custo para começar uma loja pequena de roupas varia entre R$10 e 30 mil.

Qual o investimento inicial de uma loja de roupas online?

Um investimento inicial aproximado para montar uma loja de roupas online pode ser de R$5 mil. Ele envolve gastos com fornecedores, compra de um domínio virtual para a loja e o investimento em ferramentas de marketing e atendimento ao público.

Como montar uma loja de roupas com pouco dinheiro?

Uma forma de montar uma loja de roupas com pouco dinheiro é investir em um formato online. Assim, você não precisa se preocupar em alugar um ponto físico e manter a infraestrutura. Além disso, é fundamental baratear custos com estoques menores.

Qual o faturamento médio de uma loja de roupas?

Em geral, o lucro mensal que se tem com uma loja de roupas é entre 20% a 30% do faturamento. Se você teve uma receita de R$50 mil, seu ganho médio será entre R$10 a R$15 mil.

Como montar uma loja de roupa: aumente suas vendas com o TOTVS Omni by Moddo

Investir em ferramentas de integração dos canais de venda e atendimento é fundamental para fazer com que sua loja de roupas tenha sucesso.

O TOTVS Omni by Moddo é uma solução de comunicação omnichannel que permite à sua loja oferecer um serviço que atenda às expectativas do seu cliente, integrando todos os seus canais de venda, sejam físicos ou online.

Por meio de comunicação conectada, seu negócio consegue ter um ambiente operacional que integre diversos dados da sua operação e a torne muito mais precisa.

O TOTVS Omni by Moddo nasceu em uma empresa de vestuários na Espanha, somos especialistas nesse segmento! Podemos potencializar a experiência trabalhando em conjunto com o TOTVS Moda, o melhor ERP para o segmento.

Saiba tudo sobre TOTVS Omni By Moddo!

Conclusão

Neste artigo, nós mostramos a você como montar uma loja de roupa pode ser mais fácil do que você imagina. O fundamental é se planejar.

Mas, para que você tenha grandes ganhos com isso, é preciso investir em ferramentas de automação e integração das vendas e atendimento.

TOTVS Omni by Moddo é uma solução que faz com que a sua loja de roupas tenha um potencial muito maior de vendas.

E, se você gostou desse assunto, aproveite para ler também sobre markup e como calcular esse índice!

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.