Dropshipping: como começar e como ter sucesso nessa estratégia? Veja 10 dicas!

Equipe TOTVS | 02 julho, 2022

Talvez você se pergunte, quando o assunto é dropshipping: como começar essa estratégia? Se está pensando em criar uma loja online e não quer investir em um estoque próprio, entendê-la pode ser uma excelente alternativa para que o seu negócio saia do papel.

E, como você deve saber, planejamento é fundamental para começar qualquer coisa. 

Por isso, embora aprender como começar a fazer dropshipping não seja algo tão complexo, é preciso ter em mente que só é possível ter sucesso nesse formato de vendas se você se planejar bem.

Desde escolher o seu segmento de atuação até monitorar as operações, tudo depende de quão organizado você está para isso. 

Então, para explicar a você como começar o dropshipping, preparamos um conteúdo focado no assunto. 

Vamos ajudar você a criar sua loja sem estoque. Se você quer descobrir, é só seguir a leitura!

Dropshipping: como começar?

Mas afinal, como começar no dropshipping? Para isso, é importante considerar 10 passos importantes:

  • escolha seu segmento de atuação;
  • conte com fornecedores de qualidade;
  • conheça os produtos que você vende;
  • faça um estudo sobre a concorrência;
  • não se esqueça de registrar seu CNPJ;
  • escolha qual será seu canal de vendas;
  • conte com um meio de pagamento seguro;
  • invista em marketing e publicidade;
  • tenha uma boa política de cancelamentos;
  • monitore e aprimore suas operações.

A seguir, vamos falar sobre cada uma dessas etapas para que você consiga tirar esse plano do papel e possa lucrar com vendas dropshipping.

1. Escolha seu segmento de atuação

O primeiro passo para começar a fazer dropshipping é ter uma ideia de negócio.  Ou seja, você deve selecionar um nicho que tenha interesse e conhecimento, mas que também tenha mercado consumidor. 

Dê preferência a categorias que são mais vendidas na internet, mas considere também para onde você deseja vender. Isso vai garantir que você esteja fazendo uma escolha lucrativa.

O ideal é que você opte por apenas um segmento no início. Começar com apenas um setor vai significar também menos trabalho para gerenciar, além de fazer com que sua loja tenha uma identidade mais definida. 

Um tipo de  venda concentrada facilita seu conhecimento do público e o que você pode oferecer a ele. Assim, quando você criar mais repertório nesse modelo de vendas, então, será mais fácil abrir espaço para incluir mais nichos.

omni by moddo

2. Conte com fornecedores de qualidade

Se você sabe o que é dropshipping, sabe também que ele não existe sem um bom fornecedor. A qualidade deles é o que vai garantir que o seu negócio tenha uma boa reputação entre os consumidores.

Segundo dados reunidos pela Shift4shop, 84% dos varejistas de comércio eletrônico dizem que os estágios iniciais de encontrar e garantir um bom fornecedor são um dos maiores obstáculos. Dessa forma, estamos nos referindo a uma etapa crucial.

É por isso que, após saber o que você vai vender, você precisa garantir que vai ter os melhores fornecedores para entregar os seus produtos. 

Para escolher o fornecedor ideal, pesquise quais são as empresas que estão disponíveis para entregar produtos do nicho que você optou e investigue o histórico de cada uma delas. 

Ao mapear as melhores opções de fornecedores de dropshipping, entre em contato para tirar todas as suas possíveis dúvidas. 

É fundamental que você se certifique de como funciona a entrega até o consumidor final e tenha uma boa gestão dos fornecedores.

3. Conheça os produtos que você vende

A melhor forma de garantir a qualidade do seu produto é testando os produtos que você vende. Para fazer isso, você deve comprar uma unidade de cada produto que você pretende anunciar.

Ainda que você não seja responsável por entregar os produtos, a qualidade do produto final 

recai sobre sua responsabilidade. Dessa forma, garantir que esses produtos são bons faz toda a diferença.

O ideal é que você também teste a entrega dos seus fornecedores dessa forma. Para isso, você deve simular uma compra de alguns itens e, assim, ter certeza de que tudo chegará corretamente.

É fundamental se atentar ao prazo de entrega dos seus produtos e se certificar de que ele realmente se cumpre. 

4. Faça um estudo sobre a concorrência

Saber como fazer dropshipping do zero também envolve fazer um bom estudo sobre a sua concorrência. Quando você acompanha o que os seus concorrentes estão fazendo, fica mais fácil se diferenciar deles.

Esse ponto é relevante pois o dropshipping pode envolver a venda de produtos iguais aos seus por diferentes lojas. Dessa forma, o seu marketing, atendimento e fornecedor são pontos que vão fazer com que o cliente escolha a sua no lugar de outra loja.

É fundamental que você mapeie todas as lojas virtuais que vendem produtos similares aos seus e entenda como eles têm feito isso. Quais são os preços? Você consegue fazer mais barato? 

Além disso, se atente aos outros vendedores que também utilizam o mesmo fornecedor que você para compreender como eles se posicionam no mercado. Observe os canais de venda que eles usam e você não, por exemplo.

5. Não se esqueça de registrar seu CNPJ

Durante o processo de análise do produto, fornecedores e concorrentes, você não pode esquecer de registrar o seu CNPJ. Assim como qualquer outro negócio, você precisa abrir uma empresa para isso.

Muitas pessoas perguntam se dropshipping é crime. No entanto, ele é legal, desde que seja feito da forma correta perante à legislação. Como não tem regulação própria, esse formato de venda segue normas relacionadas ao comércio eletrônico.

O CNPJ é fundamental  para que você emita notas fiscais e pague todos os impostos que estão relacionados aos produtos. Além disso, quando se trata de um dropshipping internacional, é preciso seguir as regras do Brasil para importação.

Para regularizar seu negócio, além do CNPJ, é importante definir o CNAE. Para dropshipping, o indicado é 7490-1/04, pois se está dentro de negócios com “atividades de intermediação e agenciamento de serviços e negócios em geral, exceto imobiliários”.

6. Escolha qual será seu canal de vendas

Outro ponto muito importante quando o assunto é como trabalhar com dropshipping é escolher um canal de vendas. Você precisa escolher onde vai apresentar seus produtos, seja em um site ou em uma plataforma de e-commerce.

O interessante de escolher plataformas é que elas já apresentam as funcionalidades necessárias. A parte de criação da estrutura e funcionamento da loja fica por parte delas e não é preciso criar o site do zero.

Inclusive, a TOTVS fez uma parceria com a VTEX para oferecer uma plataforma completa de digital commerce, que proporciona aumento médio de 50% nas taxas de conversão online. Saiba como implementá-la para turbinar o seu e-commerce!

Você também pode integrar seu site e domínio próprio com este tipo de plataforma para facilitar o modelo de venda via dropshipping. 

Outra opção é investir em marketplaces, pois, deste modo, não é preciso se preocupar em criar o seu espaço virtual. Contudo, você depende da visibilidade que a  própria plataforma fornece também.

7. Conte com um meio de pagamento seguro

Para quem quer saber como iniciar no dropshipping, é preciso se atentar também com os meios de pagamento oferecidos. Eles influenciam diretamente na experiência de compra de seus consumidores. 

Por isso, garanta que as opções de pagamento sejam diversificadas, seguras e, ao mesmo tempo, permitam operar com a modalidade de dropshipping.

Seja cartão de crédito, PIX ou boleto, todo o processamento de pagamento dos clientes acontece por meio da sua loja. Por isso, pode ser necessário integrar um gateway de pagamento ao seu e-commerce.

Além disso, quando for escolher um meio de pagamento, se certifique de que ele vai oferecer uma liberação rápida do dinheiro das vendas para que você tenha um bom fluxo de caixa.

8. Invista em marketing e publicidade

As principais preocupações de alguém que está começando no dropshipping não são estoque, mas relacionamento com o cliente e, claro, publicidade. Você precisa atrair um bom público e, para isso, é preciso investir em um bom marketing omnichannel, ou seja, que considere todos os canais de vendas do seu negócio.

É fundamental se aprofundar na gestão de tráfego pago, em conversão de anúncios e em e-mail marketing, mas também em tráfego orgânico e em marketing de conteúdo para blogs e redes sociais.

Somente divulgando seu negócio você consegue acelerar as vendas da sua loja virtual. Portanto, separe uma parte do seu faturamento para investir em publicidade.Tudo isso será fundamental para alcançar mais pessoas. 

E, para que seja efetiva, sua estratégia de marketing deve ser planejada considerando seu público-alvo e sua persona.

9. Tenha uma boa política de cancelamentos

A política de cancelamento é uma parte importante da sua loja dropshipping pois afeta toda a cadeia. É fundamental garantir que ela seja clara para todas as pessoas que querem comprar na sua loja.

E ainda que a produção e a entrega estejam a cargo do seu fornecedor, a responsabilidade de resolver questões como cancelamentos  – e também trocas e devoluções – é totalmente sua.

Compradores podem encontrar os seus produtos, acabar comprando por impulso e depois desistirem da compra, mesmo que você tenha dado todas as informações antes.

Por essa razão, ofereça todas as informações que o consumidor precisa ter caso isso aconteça. Além disso, entregue o melhor atendimento possível para essas situações menos agradáveis.

10. Monitore e aprimore suas operações

Não é porque você não está fazendo a entrega que você não deve acompanhar o processo. Fique constantemente atento à sua operação e, ainda, crie um fluxo para encaminhar as ordens ao fornecedor.

É importante também que você ofereça códigos de rastreamento para os consumidores. Com isso, eles podem acompanhar seus pedidos ao longo do dia e vão entender que toda a entrega é segura.

Além disso, garanta que seu atendimento ao cliente seja de qualidade e eficiente, tanto antes como depois da venda. Lembre-se de que esse será uns dos principais diferenciais para que o consumidor escolha você entre tantas lojas.

Por fim, é também crucial estar aberto a mudanças necessárias para melhorar o serviço, seja em relação ao atendimento ao cliente ou a qualquer outro aspecto.

Dropshipping como começar: dúvidas frequentes

A seguir, vamos trazer uma série de respostas rápidas para dúvidas comuns quando o assunto é dropshipping e como começar.

Como começar no dropshipping sem dinheiro?

Para começar no dropshipping sem dinheiro é indicado escolher uma plataforma que não envolva custos de manutenção. Por isso, você pode utilizar a Shopee, Mercado Livre ou Amazon para isso.

Qual o melhor site para fazer dropshipping?

Uma excelente opção de plataforma para as suas vendas online é a plataforma de digital commerce fruto da parceria entre a TOTVS e a VTEX. Conheça e acelere o seu e-commerce.

O que mais se vende no dropshipping?

Alguns dos melhores mercados para fazer dropshipping são:

  • cosméticos e beleza;
  • materiais para bebê;
  • utensílios de cozinha;
  • produtos fitness;
  • ferramentas de tecnologia.

Quanto ganha uma pessoa que trabalha com dropshipping?

O lucro que se pode ter com dropshipping varia de acordo com o quanto se consegue vender, afinal, o lucro de cada venda é baixo. No entanto, a margem de ganho de um dropshipper é de cerca de 15 a 30%.

Como a tecnologia pode ajudar a aumentar minhas vendas online?

O atendimento ao cliente no dropshipping é uma das principais funções do lojista e que pode ser automatizado pela tecnologia no varejo, por exemplo.

Além disso, o controle da performance dos canais de venda dentro do dropshipping também é um elemento essencial para ser otimizado com a tecnologia de comunicação omnichannel.

Dessa forma, ao melhorar a experiência do cliente e, ao mesmo tempo, acompanhar o processo de forma inteligente, a tecnologia ajuda a aumentar as vendas.

TOTVS Omni by Moddo

A melhor forma de integrar tecnologia aos serviços dropshipping é investindo em canais de atendimento e vendas múltiplos e integrados.

Com o TOTVS Omni by Moddo, sua empresa tem uma ferramenta-chave para fazer com que sua loja atenda às expectativas do seu cliente!

Se você quer começar no dropshipping, é fundamental ter uma plataforma que torne mais fácil gerenciar cada aspecto do seu negócio. 

O dropshipping é uma das últimas fronteiras da omnicanalidade, e o nosso sistema está preparado para se conectar a marketplaces e fornecedores.

Então, aproveite para conhecer agora mesmo o TOTVS Omni by Moddo!

Conclusão

Se você não sabia como começar no dropshipping, depois desse artigo, ficou mais fácil, não é mesmo?  Essa modalidade de vendas é uma excelente forma de trabalhar sem estoque e lucrar com o foco no atendimento ao cliente e no marketing. 

O TOTVS Omni by Moddo alavanca o dropshipping e permite que a comunicação com os potenciais clientes seja responsável por garantir mais vendas na plataforma.

E, se você gostou desse assunto, aproveite para ler também sobre customer centric e sua importância!

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.