Crédito Para Empresas: o que é, quando solicitar e os tipos

Equipe TOTVS | TECHFIN | 25 março, 2021

Solicitar e conseguir  crédito para empresas nem sempre é uma tarefa fácil, mesmo que isso seja essencial para o crescimento do negócio.

Buscar por um empréstimo para sua organização pode ser a diferença entre fechar o mês no azul ou no vermelho, e de quebra ainda ajuda a manter o  pagamento de contas em dia. 

Em negócios mais estruturados e com planejamento sólido, o empréstimo pode servir de combustível para a expansão das operações.

Entretanto, o que muitas vezes acontece é que as empresas encontram dificuldades nesse processo.

Conquistar crédito para empresas não é algo muito simples, especialmente por meios tradicionais.

Para todas as empresas, mas especialmente PMEs, esse processo pode ser fonte de grande dor de cabeça.

Para ajudar nesse quesito, falaremos mais sobre a importância do crédito e para que ele pode ser útil para a sua empresa. Além disso, você vai entender quando e como solicitá-lo — para fontes além das tradicionais, e com enormes vantagens!

E então, preparado(a) para aprender? É só seguir a leitura!

O que é o crédito para empresas?

O crédito para empresas pode ser descrito de várias formas, como uma linha de crédito destinada a ajudar o negócio em vários fins. É uma fonte de capital para sustentar a empresa.

Entre os fins, os mais comuns são financiamento de uma possível expansão, manutenção e compra de bens.

O crédito também pode ser utilizado para o pagamento de contas.

Inclusive, é um recurso que muitas empresas teriam se beneficiado em 2019, que segundo o Serasa Experian, fecharam com recorde de inadimplência.

Conquistar o crédito empresarial é uma missão que pode ser bem desafiadora.

Em geral, o recurso mais utilizado é o empréstimo empresarial, necessário em alguns momentos para manter uma boa gestão financeira da companhia.

Muitas vezes, ele também é usado como capital de giro no início de um empreendimento. Ademais, as linhas de crédito mudam conforme a área de atuação da empresa. 

O crédito para empresas pode ser utilizado também para algum investimento interno, como a compra de equipamentos, por exemplo. Além disso, essa captação de crédito pode ser feita por meio de bancos, instituições financeiras, fintechs e Techfins.

Cada instituição acima citada possui formas de disponibilizar crédito para as empresas.

Por esse motivo, é importante saber como cada método funciona e qual  o ideal para seu negócio.

Quais empresas podem solicitar o crédito empresarial?

Todas as empresas com um CNPJ ativo podem solicitar crédito empresarial de alguma instituição financeira, banco, fintech ou techfin.

O que vai mudar são as condições de cada negócio, visto que cada organização financeira trabalha de formas diferentes.

Em geral, o que mais norteia a busca pelo crédito para empresas é a taxa de juros, que varia bastante, e precisa ser estudada para encontrar a mais competitiva.

Caso você esteja atrás de um empréstimo, a dica é considerar parcelas mensais que não ultrapassem um valor referente a 30% do lucro do negócio.

Como funciona o crédito para empresas?

Para entender realmente como funciona o processo de obtenção de crédito para empresas, é necessário conhecer os processos por trás de cada instituição.

Porém, além disso, é preciso compreender os diferentes tipos de créditos disponíveis no mercado.

Ou seja, nem todo pedido de crédito corporativo é, necessariamente, um empréstimo empresarial.

Há jeitos diferentes de conseguir capital emprestado, com taxas de juros e condições de pagamento que variam bastante.

O importante aqui é saber quais os objetivos da sua empresa ao pedir por crédito. E isso deve estar bem definido para saber qual valor pegar, evitando um empréstimo maior ou menor do que de fato seu negócio precisa.

É essa a base para sua tomada de decisão e, mais importante, para a busca pela melhor fonte de crédito.

Quais instituições oferecem crédito empresarial?

O crédito para empresas pode ser disponibilizado tanto por bancos quanto por instituições financeiras mais modernas que têm a tecnologia como pilar.

A diferença será a maneira como esse crédito será concedido, sob quais circunstâncias e, principalmente, o custo que isso gerará para a companhia solicitante do crédito.

Existem empresas de tecnologia que também podem ajudar nessa questão. 

Conhecidas como techfins, essas instituições unem serviços financeiros às facilidades da tecnologia e ainda aliando com dados do seu negócio.

Essa alternativa representa a modernização das transações financeiras além de ter serviços com custos mais baixos do que os bancos tradicionais. Portanto, você obtém um serviço moderno e eficiente pagando menos.

É essencial pesquisar a fundo as alternativas e conhecer como esse processo funciona.

Entenda mais sobre como a transformação digital mudou o setor financeiro e quais os principais benefícios em optar pelos serviços das techfins e fintechs.

Nova call to action

Principais tipos de empréstimos empresariais

Antes de partir para a solicitação do crédito corporativo, é necessário entender os diferentes tipos de operações possíveis.

Nem sempre a mais popular é a ideal para seu negócio, nem para seu momento.

Por isso, é essencial conhecer os tipos de empréstimos empresariais. Veja abaixo:

Financiamento

O financiamento é um empréstimo para CNPJ, utilizado quando a empresa necessita de uma quantia rapidamente, seja para algum reparo ou para o aprimoramento da infraestrutura.

O mais indicado é investir em algo que ajudará a quitar essa dívida no futuro.

Caso contrário, é possível que vire um grande problema mais pra frente.

Empréstimo para capital de giro

É comum que seja preciso um empréstimo para abrir empresa.

Nem todos os empreendedores possuem um capital de giro para abrir a empresa e manter o negócio funcionando no início das atividades.

Portanto, para pagar o salário dos funcionários, pagamento das contas, impostos e outros débitos, esse crédito pode ajudar.

Cheque especial

Esse limite de crédito pode ser encontrado na conta corrente, e fica disponível para ser utilizado quando necessário, sendo uma opção viável de empréstimo para microempresa.

Contudo, seus juros são altos, logo, deve ser solicitado apenas em situações de emergência.

Além de que pode ser pago assim que houver créditos na conta da corporação.

Antecipação de recebíveis

Outra alternativa de crédito viável é a antecipação de recebíveis. Se trata de um recurso que só seria pago para a empresa no futuro, portanto, é algo que já pertence a ela.

É uma opção segura de empréstimo para pequenas empresas, mas que cada vez mais vem sendo utilizado por organizações de todos os portes.

A antecipação de recebíveis é um método bem ágil e prático para incrementar receitas.

Trata-se do adiantamento de pagamentos que seriam recebidos no futuro próximo, como boletos.

Ou seja, em vez de receber o valor de um pedido apenas após o 5º dia útil do próximo mês, você solicita o valor de forma antecipada.

É realmente muito prático, pois você não se endivida, apenas recebe antes um valor que seria pago — apenas adianta.

Ao optar pela antecipação de recebíveis, você facilita a manutenção do fluxo de caixa e garante mais capital de giro. 

Nova call to action

Empréstimo coletivo (crowdfunding)

A opção do empréstimo coletivo é cada vez mais comum entre empresas, especialmente àquelas mais modernas.

É utilizado para financiar projetos específicos, como lançamento de livros, jogos, aplicativos ou produtos inovadores.

Conhecido como crowdfunding, ou financiamento coletivo, utiliza a Internet e alguma plataforma (como Catarse ou Apoia.se) para angariar fundos.

É uma forma de conquistar crédito direto do cliente final. Ou seja, a comunicação deve ser transparente e bem objetiva.

Para criar um crowdfunding, é preciso ter um estudo de custos prévio, para saber o valor necessário a estipular como meta.

Na maioria das campanhas, as empresas criam diferentes “pacotes” de apoio. Assim, quanto maior o valor, mais benefícios o apoiador recebe — como itens extra, presentes, etc.

Factoring

O Factoring, ou fomento mercantil, é a venda à vista dos créditos de valores que uma empresa (em geral, pequenas e médias) tem a receber a prazo.

É uma forma de obter maior liquidez financeira em um curto espaço de tempo. 

O Factoring não é realizado por bancos, pois é considerado uma atividade comercial. Por isso, é feito por empresas dedicadas a essa prática, com recursos próprios.

Empréstimo com garantia

Por fim, uma das formas mais comuns de buscar crédito para empresas é o empréstimo com bancos. Um porém é que, normalmente, essas instituições pedem por garantias para liberar o valor.

Na verdade, são as suas garantias que definem o quanto você pode pegar emprestado.

Essas garantias são necessárias para que os bancos cumpram os normativos definidos pelo Banco Central, além de servirem para reduzir os riscos.

Para se ter uma noção, as instituições requisitam cerca de 130% em garantias sobre o valor do financiamento.

Por isso, se a sua empresa busca R$ 100 mil, terá que apresentar cerca de R$ 130 mil em garantias.

No entanto, essa conta pode mudar de banco para banco e também conforme o contexto.

Quais são as vantagens de solicitar o crédito para empresas?

Solicitar empréstimo para empresa deve ser uma atitude consciente e pensada com cautela.

Afinal, esse valor será pago com juros, e a empresa precisará se preparar para isso. 

Entretanto, pode ser muito vantajoso para garantir alguns benefícios, como:

Ampliar a operação

Se o objetivo é ampliar as operações da empresa, então o crédito para empresas pode ser muito vantajoso.

Isso porque o investimento estará sendo feito para um fim que prevê uma arrecadação maior de lucro, além do desenvolvimento do negócio.

Muitas vezes, essa é a única maneira de alavancar rapidamente as atividades.

Dedução do Imposto de Renda

Também é possível, em alguns casos, conseguir que parte do valor dos juros seja restituída pelo Imposto de Renda.

Assim, a dívida diminui e a empresa retém mais recursos em seu fluxo de caixa.

Previsibilidade financeira

Com uma taxa de juros fixa, a companhia fica ciente do valor que precisará pagar todos os meses e pode se organizar para isso.

É uma forma de manter a estabilidade financeira do negócio e usufruir do crédito solicitado.

Quando solicitar o crédito empresarial?

Solicitar crédito para empresas é uma decisão importante para o futuro de um negócio. No entanto, é um passo que merece cautela: antes de fechar algum empréstimo, você deve saber se ele é realmente necessário e para qual objetivo.

De forma simples: se o crédito for uma questão de sobrevivência, é uma opção válida e recomendada.

São diversas as situações que levam uma empresa a esse estágio, como:

  • Aquisição de ativos;
  • Quitação de passivos;
  • Pagamento de dividendos;
  • Manutenção do capital de giro;
  • Necessidade de investimentos.

Sendo assim, um empréstimo empresarial pode ser essencial na manutenção de suas finanças.

O que é necessário para solicitar o crédito para empresas?

Antes de solicitar crédito empresarial, é preciso entender que cada tipo de financiamento ou empréstimo possui diferentes demandas.

Elas também variam de acordo com a empresa (techfin, fintech) ou instituição financeira que você fecha o negócio.

Em geral, é preciso atender alguns critérios preestabelecidos, especialmente em casos de empréstimo para empresas.

Afinal, o dinheiro que você vai pegar não é seu. Por isso, os credores pedem as tais garantias, que você já aprendeu no decorrer deste conteúdo.

A lógica aqui é bem simples: quanto mais condições você apresentar para pagar o empréstimo, menores as taxas de juros.

É por isso que o processo de avaliação das condições financeiras da empresa solicitante é tão importante.

Quanto pior as suas finanças, maiores as taxas de juros e mais rígidas as condições, entendeu?

Uma coisa que você deve ter em mente é que essa avaliação leva em conta cinco quesitos conhecidos como os 5 Cs. São eles:

  • Caixa: fluxo de caixa em certo período de tempo;
  • Colaterais: as garantias formais via ativos da empresa, como maquinário, imóveis, etc;
  • Crédito: histórico da empresa, como casos de inadimplência;
  • Caráter: reputação do empresário, bem como seu nível de relação com a instituição financeira;
  • Capacidade: estrutura da empresa que mostra a capacidade de pagar suas dívidas, inclusive levando em conta flutuações de mercado.

Dessa forma, antes de solicitar crédito para empresas, é importante olhar para as próprias contas, bem como o histórico dos sócios da organização. Momentos de crise, como a recente pandemia, também podem influenciar nas condições.

São questões bastante relevantes, que você deve levar em conta antes de iniciar todo processo.

O que avaliar ao solicitar o crédito empresarial?

Essa é uma questão-chave antes de solicitar crédito para sua empresa. Antes de seguir com seu pedido, é preciso sentar para avaliar alguns fatores para então tomar a decisão.

Seu olhar deve ser estratégico e sóbrio.

No caso de considerar um empréstimo, você sabe que irá pagar mais dinheiro do que vai receber, mas muitas vezes sua necessidade é urgente.

Porém, se você tiver condições, há como optar por métodos menos onerosos, como a antecipação de recebíveis.

Mas claro, antes de qualquer coisa, avalie os seguintes pontos:

A necessidade do negócio

Antes de solicitar crédito para empresa, você precisa identificar qual a principal necessidade da sua organização.

Ou seja, para qual fim o dinheiro do empréstimo ou financiamento será utilizado? É realmente importante? Não há outros meios de consegui-lo?

Normalmente, situações que pedem capital imediato são aquelas que servem de faísca para a solicitação de um empréstimo.

Prazos

Por mais que as soluções de crédito para empresas tragam dinheiro em curto prazo, é importante entender que seu orçamento será comprometido por alguns meses, até mesmo anos.

Portanto, um bom planejamento financeiro é essencial para entender as condições de pagamento — e sua capacidade de cumprir com as parcelas.

Taxas de juros

As taxas de juros são aspectos fundamentais a serem analisados antes de solicitar um empréstimo para a empresa.

Empréstimos com bancos podem ter taxas mais altas, bem como a requisição por melhores garantias. No entanto, o montante pode ser bem maior que de outras fontes.

Já em métodos alternativos, como a antecipação de recebíveis, em especial se solicitados junto a uma empresa mais moderna, os juros podem ser mais baixos – afinal, trata-se de uma solução que recupera um valor já pago, mas que foi parcelado.

Ou seja, dinheiro imediato e com condições de parcelamento bastante acessíveis.

Custo Efetivo Total (CET)

O CET é uma métrica que você não pode esquecer na hora de avaliar diferentes opções de empréstimo e linhas de crédito para empresas.

Afinal, neste tipo de operação, não são apenas as taxas de juros que contam — há também custos administrativos que as instituições costumam cobrar.

E o CET (Custo Efetivo Total) serve de referencial para medir o valor total de cada negociação, já que leva em conta:

  • juros;
  • tributos;
  • seguros;
  • encargos;
  • taxas administrativas.

Ao negociar com uma instituição financeira, é obrigação dele informar o CET. Assim, você tem conhecimento aprofundado de todas as informações e valores acerca do empréstimo.

No entanto, lembre-se que optar por outros métodos, como a antecipação de recebíveis, pode evitar custos do tipo – pois essa e outras soluções existentes não cobram IOT, nem TAC.

Como conseguir crédito para minha empresa?

É verdade que há várias formas de conseguir crédito para empresas. É uma questão de avaliar as suas necessidades e condições, bem como os critérios das diferentes opções no mercado.

Há quem opte pelos caminhos mais tradicionais, que embora pareçam mais fáceis, representam maiores gastos com juros e taxas administrativas.

Ou seja, um comprometimento maior das suas finanças no futuro. É isso mesmo que você busca?

Há também alternativas mais recentes, modernas e aliadas à tecnologia. Com auxílio dessas empresas, você consegue explorar outros caminhos na jornada pelo crédito empresarial.

Entre essas opções, destacamos o papel da techfin.

Por que solicitar o crédito empresarial por meio de uma Techfin?

Uma techfin é uma empresa de tecnologia que presta serviços financeiros para outras organizações.

Ou seja, cria soluções e desenvolve produtos financeiros que sirvam negócios de qualquer segmento – do agronegócio até um escritório de advocacia.

Talvez o termo lembre um pouco outro que é bem popular, mas saiba que há grandes diferenças entre uma techfin e uma fintech.

Voltando ao assunto:

É possível aproveitar de todo potencial de uma techfin para buscar seu crédito empresarial — de forma moderna, amparada pela tecnologia e bastante flexível em suas condições.

Deixe-nos explicar:

Com auxílio de uma techfin, você pode ter acesso a um sistema completo para gestão financeira das suas solicitações.

É uma forma de organizar as demandas financeiras, mapeá-las e manter total controle sobre sua condição — bem como das informações que rondam esse processo.

Quais são as vantagens de solicitar o crédito pela Techfin?

Quando você opta pela parceria com uma techfin para utilizar um sistema que o auxilie na solicitação de crédito corporativo, sua empresa ganha em todos os aspectos.

É o que o TOTVS Antecipa, solução desenvolvida pelo nosso conjunto de soluções financeiras, a TOTVS Techfin, proporciona.

Em uma plataforma, você centraliza todos os passos para gestão de antecipação dos recebíveis.

Isso quer dizer que, no mesmo sistema, você contrata e acessa os recebíveis possíveis de antecipação, faz a gestão de sua carteira e consulta informações de limite e taxa.

O melhor de tudo é que, com a plataforma, você pode receber os valores no mesmo dia da requisição.

Assim, antecipa a entrada em caixa dos valores de notas fiscais que só entrariam a longo prazo, e mantém o fluxo de caixa da sua empresa sempre positivo.

Tudo de forma simples, com poucos cliques, em um dashboard organizado e com dados personalizados, fácil de utilizar e que apresenta condições incríveis, como taxas competitivas e sem cobrança de IOF e TAC. 

Saiba mais sobre o TOTVS Antecipa e melhore sua saúde financeira por meio da antecipação de recebíveis!

Nova call to action

Conclusão

A busca por crédito para empresas é quase uma constante para vários empreendedores no Brasil. Trata-se de uma verdadeira luta. Por isso, as opções de empréstimo e financiamento só aumentam.

É preciso, portanto, de sabedoria antes de tomar uma decisão.

Um empréstimo pode ser a salvação do seu negócio a curto prazo, mas pode representar sua derrocada em um longo período.

Por isso, recomendamos prudência e pesquisa.

Soluções inovadoras, como as oferecidas por techfins, apenas agregam ao processo de escolha. São elementos fortes que entram na concorrência e fazem o empreendedor pensar nas possibilidades.

Vale mais a pena o caminho tradicional, como um empréstimo bancário, ou o mais moderno, com a antecipação de recebíveis de maneira simples e digital?

Esperamos que este conteúdo ajude você a fazer a melhor escolha para a sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.