Marketing Holístico: Conceito, pilares, vantagens e como aderir

Equipe TOTVS | 22 setembro, 2021

O marketing holístico é um conceito de marketing que atrai a atenção de empreendedores e gestores de comunicação pela sua proposta de encarar a empresa como um todo.

Mas o que é, de fato, o marketing holístico? Como um olhar holístico pode influenciar sua comunicação e tornar sua estratégia um sucesso?

São exatamente essas questões que vamos responder neste guia completo.

Antes de mais nada, é preciso entender que, alcançar os consumidores e atraí-los para a compra é um desafio muito maior do que era no passado. 

Hoje, eles são muito mais exigentes do que um dia foram, o que tem relação com a própria evolução do mercado.

Então, como garantir que suas campanhas de marketing, bem como seus produtos ou serviços atraiam mais clientes, de maneira contínua?

Bom, não espere encontrar indicações subjetivas de nós, como “invista em criatividade” ou “aposte na inovação“. Sim, esses são elementos necessários, mas é necessário um movimento estrutural e estratégico da sua empresa.

O que pode ser concretizado com a aplicação do marketing holístico!

Quer saber como aplicar esse conceito no seu negócio de maneira prática?

Então siga nessa jornada de aprendizagem e entenda como marketing holístico — e a visão da empresa como unidade — pode impactar sua comunicação e melhorar seus resultados!

O que é marketing holístico?

Fundamental para o sucesso de uma estratégia de omnichannel, o marketing holístico é um conceito que considera a empresa como um todo. Ou seja: todos os setores estão unidos na missão de cumprir os objetivos do marketing e promover a melhor experiência do cliente possível.

Desse modo, o marketing holístico busca unificar todos os setores da empresa, de maneira que trabalhem por um propósito em comum.

Essa forma propositiva, construtivista e homogênea permite que a empresa se destaque da concorrência, desempenhe melhor e atraia o consumidor.

Assim, é possível engajar toda organização na ideia central do negócio (ou seja, em seus objetivos globais).

É uma forma eficaz de evitar silos e permitir com que a companhia se movimente como unidade.

Pense em um corpo humano: apenas funciona do jeito que nós queremos se todas as partes estiverem integradas e trabalharem juntas.

Esse é um exemplo comum para definir o marketing holístico, aliás. Porque, traduz exatamente o que conceito quer dizer.

É justamente isso que caracteriza o “holístico”. De acordo com a definição comum da palavra, significa algo que “busca um entendimento integral dos fenômenos“.

A palavra, inclusive, tem origem do grego “holos“, que significa “tudo“.

Isso quer dizer que o marketing holístico busca integrar todos os setores da empresa, de modo que os esforços produtivos e estratégicos reflitam na sua comunicação, na qualidade de suas entregas e na forma com que o cliente vê, vive e fala da empresa.

Qual é o objetivo do marketing holístico?

O marketing holístico tem como objetivo principal desfragmentar o marketing moderno, unificando a jornada de criação de uma marca e da forma que ela anuncia seus produtos e engaja com seu público.

Desse modo, é possível vender a marca para todo o público relacionado — tanto seus clientes atuais, quanto clientes em potencial, funcionários e demais envolvidos.

Como fazer isso de maneira eficiente? Uma forma é ultrapassando as falhas existentes no processo convencional.

Atualmente, de acordo com especialistas no tema, há um problema “escondido” na área de marketing.

Cada vez mais, espera-se que os profissionais de marketing dominem as ferramentas, na esperança de que coletem, organizem e forneçam as principais métricas de conscientização, engajamento e conversão da empresa.

É um processo ineficaz, já que o próximo passo desses profissionais é aplicar uma visão holística em cima da estratégia de comunicação da empresa.

Percebe a brecha? Cada vez mais, os profissionais de marketing trabalham em silos, isolados pelas infinidade de ferramentas que utilizam.

Estamos falando  de CRM, softwares de automação de e-mail marketing, compra de mídia programática, softwares de gestão de conteúdo… Tudo!

Perceba que, dessa forma, sua própria contribuição para a estratégia de comunicação da empresa se torna limitada.

Afinal, cada profissional (e essencialmente cada setor da empresa) fala um idioma diferente quando o assunto é perseguir os objetivos do negócio — pois cada um está focado em suas ferramentas ou objetivos.

O marketing holístico tem como objetivo eliminar essas brechas e tornar a comunicação o resultado de um verdadeiro trabalho em equipe.

Como funciona o marketing holístico?

Como-funciona-o-marketing-holístico

O marketing holístico visa o objetivo comum, por meio do alinhamento de atividades e integração de processos dentro da empresa. O intuito é criar uma experiência do cliente perfeita.

Soa familiar? É que o marketing holístico é parte fundamental para o sucesso de uma estratégia de omnichannel (e, posteriormente, policanalidade).

Vamos por partes? Veja bem:

Primeiro, o marketing holístico determina que a empresa e todas as suas partes devem se concentrar em um único objetivo (que é oferecer uma ótima experiência do cliente).

Além disso, as atividades devem ser alinhadas em direção a esse objetivo comum.

Como? Com a ampla integração dos processos, de modo que todos eles sejam não apenas aplicados com intuito de melhorar a experiência dos clientes, mas também efetivamente projetados para isso.

No que diz respeito aos dados, o marketing holístico significa que todos os tipos de dados — de diversos formatos e fontes — devem ser integrados e unificados, para criar uma visão única do desempenho das campanhas.

Já no quesito “pessoas”, significa providenciar as informações certas acessíveis para o setor de marketing.

Aqui, falamos de todos: mídia, profissionais de marketing digital e conteúdo, analistas, CS, CMO… Ou seja, todos.

Assim, é possível balizar o trabalho da equipe de marketing pelas mesmas metas. Desse modo, é mais fácil executá-lo e medir seu desempenho, especialmente com o uso de relatórios consistentes.

Os 4 pilares do marketing holístico

De que forma  o marketing holístico pode vender sua solução para todas as pessoas relacionadas à sua marca? Com uma comunicação unificada, que mostre os valores e a responsabilidade social da empresa.

É algo que algumas empresas de destaque no âmbito do marketing holístico são especialistas em fazer.

Falaremos sobre exemplos mais tarde, mas vale destacar a Apple como uma das marcas que melhor soube explorar esse conceito.

De forma indireta, você pode ver o próprio Steve Jobs falando sobre isso em uma palestra de 1997.

Best Marketing Strategy Ever: Steve Jobs Presents “Think Different” 

Nela, o cofundador da Apple conta de que forma ele visualiza o marketing como um instrumento para falar sobre os valores de uma marca — e de que modo eles podem se relacionar com as pessoas.

Um dos exemplos que Jobs cita nominalmente é a Nike, que desde os anos 80 investe pesado (e colhe bons frutos!) em campanhas de marketing.

Só que em vez de focar nos produtos (seus tênis, roupas e demais produtos), ela foca nos seus valores como marca — atingindo o consumidor no âmbito emocional.

É dessa lógica que nasceram slogans inesquecíveis, como o “Just Do It“.

Para compreender um pouco mais do que constitui o marketing holístico, é preciso, portanto, compreender os seus pilares. Explicamos a seguir, confira:

Marketing integrado

O marketing integrado busca desenvolver uma experiência contínua, sem fricção (frictionless) e única para o cliente ao longo da sua interação com a marca.

O intuito é equilibrar a forma que a empresa estrutura seus 4 P’s (produto, preço, praça e promoção), de modo a direcionar toda sua comunicação de maneira unificada.

Com isso, é possível criar campanhas, anúncios e conteúdos centrados na imagem da empresa, trabalhando no enriquecimento e fortalecimento da marca.

De acordo com o marketing holístico, essa mensagem deve ser espalhada em todos os canais, transparecendo os valores da empresa.

Lembra do exemplo que citamos acima, da Nike? Está relacionado diretamente com o marketing integrado.

Assim, você cria uma imagem única, que é capaz de gerar reconhecimento, confiança e engajar mais facilmente com o consumidor.

Marketing de relacionamento

Depois de atrair um cliente, como mantê-lo por perto, como consumidor e espectador (viewer, seguidor, apoiador) da marca? Essa resposta você conseguirá com o marketing de relacionamento.

Ele busca trabalhar na construção de relacionamentos significativos, de longo prazo e extremamente ricos com os clientes.

O objetivo não é propriamente trabalhar com objetivos e métricas de curto prazo (como aquisição de clientes).

Na verdade, o marketing de relacionamento busca o que definitivamente toda relação emocional “busca” ser: duradoura e impactante.

Por isso, trabalha aspectos emocionais, criando fortes conexões com os clientes e envolvendo-os aos valores da marca.

Aqui, várias práticas são colocadas em ação, como:

  • Produtos ou serviços bônus;
  • Personalização de ofertas conforme perfil do cliente;
  • Envolvimento em datas especiais e trabalho ativo na resolução de problemas.

De acordo com dados de um estudo da Forrester, as empresas que mais investem na experiência do cliente possuem uma receita até 80% maior que os concorrentes que não focam no tema.

Vale a pena ainda mencionar que o marketing de relacionamento deve se estender aos funcionários, fornecedores e demais parceiros comerciais.

Um dos objetivos do marketing holístico é que sua empresa possa ser uma referência no mercado em relação aos seus valores, de forma a replicá-los de maneira igual para todos os relacionados com seu negócio.

Essa é uma ação importante para trabalhar sua cultura organizacional, motivando os colaboradores e enriquecendo sua Gestão da Experiência Humana (HXM)

Marketing de performance

Após atrair e engajar os clientes, como ter certeza de que sua estratégia está sempre saudável? É aqui que entra o marketing de performance.

Com as ferramentas de performance, você poderá monitorar todas as atividades e o desempenho de suas campanhas.

Assim, poderá entender qual a percepção e o retorno do público-alvo em relação às suas estratégias.

Essa é uma das partes mais “convencionais” desse processo, que envolve o uso de ferramentas capazes de centralizar dados qualificados.

O objetivo é fazer uma gestão de indicadores, identificando métricas importantes para sua comunicação e, claro, para os objetivos do seu negócio.

Com esses dados em mãos, você aprimora sua gestão de orçamento, alocando os recursos nas áreas que mais trazem retornos.

Além disso, consegue identificar oportunidades e tendências, permitindo que se antecipe aos movimentos do mercado para se sobressair diante da concorrência, preparando seu marketing de antemão.

Marketing interno

Não existe marketing holístico sem o trabalho de marketing interno e a integração de setores. Pouco acima, falamos da importância de trabalhar a experiência do funcionário em seu negócio. 

É aqui que ela se consolida, na sua estratégia de marketing interno.

Além dos clientes externos (eles ainda são a prioridade da sua comunicação), existem os clientes internos que diariamente interagem com sua empresa, processos, ferramentas e objetivos.

É preciso, obviamente, engajá-los nessas atividades. Uma boa gestão do capital intelectual é essencial para que seus valores sejam compartilhados por aí — e, muitas vezes, de maneira espontânea.

Quantas vezes você já ouviu falar no quão diferente é o ambiente de trabalho de empresas como a Pixar e o Google?

Isso acontece não por acaso: são empresas que desenvolvem estratégias incríveis de marketing interno!

Com o marketing interno, você ajuda a convencer esses clientes internos de que eles fazem parte da visão da empresa, envolvendo-os em processos decisivos do negócio.

Desse modo, é possível fazer com que compreendam o seu papel na jornada de marketing, capacitando-os para serem não apenas colaboradores, como também promotores da marca.

Qual é a importância do marketing holístico para as organizações?

Qual-é-a-importancia -do-marketing-holístico-para-as-organizacoes

A importância fundamental do marketing holístico é que permite que a empresa atue de maneira mais forte na divulgação de sua mensagem. É uma forma de tornar sua comunicação mais efetiva, presente e alinhada aos valores do negócio.

Um dos grandes benefícios do marketing holístico é permitir que a empresa construa seu brand awareness de maneira mais ampla e por vários canais.

Hoje, não há como negar: boa parte dos consumidores foca mais na marca do que nos produtos e serviços em si.

Nesse ponto, a construção da marca deve ser um dos principais esforços da sua empresa.

Com o marketing holístico, você impulsiona a relação com o consumidor, de modo a conseguir maiores índices de satisfação.

Além disso, consegue se envolver melhor com os clientes, recebendo feedbacks construtivos, críticas e avaliações que ajudam no desenvolvimento de produtos.

Outro ponto em que o marketing holístico se destaca é na criação de uma comunicação consistente.

Em uma estratégia simples de marketing, vários formatos e canais são utilizados, o que dificulta a regularização de uma mensagem. Mas com o marketing holístico, esse é o principal desafio dos profissionais envolvidos.

A consistência é um ponto-chave, pois reforça seus valores e torna sua marca mais facilmente lembrada

Por fim, o marketing holístico é importante para construir uma experiência e uma marca admirada para o cliente.

Desse modo, é possível focar em objetivos de maior amplitude do que em submetas (como vendas individuais), aumentando a eficácia geral da estratégia e permitindo que a empresa pense (e execute) grande!

5 Vantagens de adotar estratégias de marketing 

Afinal, o que o marketing holístico pode agregar para sua empresa em termos práticos? Reunimos 5 das principais vantagens de adotar essa filosofia em sua estratégia. Confira!

Integração

Com o marketing holístico, não há outra direção senão a integração de setores, objetivos e métricas.

É uma forma de, em uma só “tacada”, unificar sua estratégia, direcionar sua comunicação e criar uma mensagem consistente e forte — para todos os envolvidos com sua empresa.

Assim, é mais fácil conseguir resultados significativos e atingir a ponta do mercado.

Diferencial competitivo

Na nova era do marketing, a empresa se posiciona de maneira a beneficiar não apenas o cliente, mas também a sociedade como um todo.

À medida que os processos se alinham e os produtos e serviços se tornam hipercompetitivos, o atendimento e a experiência do cliente ganham destaque.

Na prática, isso significa que os clientes estão escolhendo as marcas com base em seus atributos e características, em vez de preços.

Estamos avançando em direção a tendências de marketing que colocam o cliente e a comunidade em primeiro lugar.

Se a sua empresa agir nessa direção, está aí um excelente diferencial competitivo para bater de frente com os concorrentes!

Por isso, ter uma abordagem de marketing holística significa que você se concentra igualmente na retenção e aquisição de clientes.

Com uma mensagem clara e o propósito bem definido, você pode estabelecer uma estratégia única, o que facilita sua atuação e encurta o caminho para o sucesso.

Eficiência

Quando a estratégia foca em um objetivo central, é possível analisar as operações por um escopo muito mais enxuto e cuidadoso.

Isso permite reduzir e até eliminar a repetição, aproximando os setores de um trabalho 100% eficiente, capaz de gerar economias tanto de tempo como de dinheiro.

Além disso, a eficiência de processos pode ser identificada no aproveitamento de oportunidades e na detecção de ameaças potenciais, tornando o negócio mais resiliente em um mercado tão competitivo.

Construção de marca

Uma das grandes vantagens do marketing holístico é seu poder de construir uma marca forte.

E não falamos apenas no caso dos clientes, mas dos funcionários, lembre-se!

Eles, os clientes internos, devem se alinhar aos objetivos da empresa, de modo que sirvam como a “cola” que permita que a organização mantenha uma abordagem forte e consistente.

Quando todos entendem o que se deve (e o que não se deve) fazer, bem como quando todos identificam o propósito cumprido, é possível direcionar o negócio para metas mais ousadas.

Afinal, a empresa não se reflete apenas em suas políticas, mas também em sua própria cultura, o que cria uma imagem profissional e focada no objetivo em comum.

Otimização de processos 

Para sobreviver e prosperar no mercado hipercompetitivo de hoje, sua empresa precisa se unir sendo consistente. É necessário compartilhar o foco e a direção operacional.

Em outras palavras, marketing e vendas não podem ser os únicos players voltados para o objetivo final da empresa.

Todos os setores devem estar alinhados, mesmo aqueles cuja produção não transparece na entrega final.

Assim, é possível criar uma experiência excepcional, defender valores fortes e cultivar uma boa cultura organizacional.

Com o marketing holístico, o todo importa mais do que as partes — pois é capaz de, coletivamente, fazer mais do que as partes isoladas.

Isso significa que você pode centralizar a atuação da empresa em uma única direção, fortalecendo a otimização de processos, facilitando a chegada ao topo.

Exemplos de aplicações do marketing holístico nas organizações

Entre os principais exemplos de marketing holístico no mundo dos negócios, os grandes nomes sempre vêm à mente. Foi o caso da Apple e Nike, já citadas anteriormente.

A Starbucks, rede de cafeterias muito famosa, é outro exemplo de um marketing holístico bem-sucedido.

Sua estratégia nunca focou 100% em seus produtos, mas em oferecer um ambiente tranquilo e uma experiência de consumo memorável.

Se você já foi em uma unidade da loja, provavelmente experienciou isso.

A Coca-Cola é outra marca cuja estratégia de marketing holístico é extremamente bem-sucedida.

Perceba que eles nunca anunciam apenas seus produtos, mas seu principal valor: a felicidade.

É por isso que seus anúncios constantemente contam com pessoas em situações ou cenários felizes, compartilhando uma de suas bebidas.

Como começar a implementar o marketing holístico? 

Como-comecar-a-implementar-o-marketing-holístico

E agora, você sabe como começar a implementar o marketing holístico em sua empresa? Sugerimos que você siga 3 passos: análise e identificação, criação e entrega!

Análise e identificação

É necessário analisar o cenário em que a sua empresa se encontra: quais seus valores atuais? Como os clientes a enxergam? Como ela se posiciona no mercado?

Assim, é possível aprender mais sobre as necessidades, desejos e anseios dos clientes, bem como os pontos de melhoria estratégica do negócio.

Criação

A criação envolve basicamente o desenvolvimento de uma estratégia unificada. Para isso, é essencial compreender o cliente de maneira aprofundada, de modo que você atinja seu público com máxima eficiência.

Entrega

Por fim, você precisa estar capacitado para entregar novas experiências ao cliente, funcionários e parceiros do negócio.

Busque sempre agregar valor à relação, a fim dede modo fidelizá-los e ampliar o alcance da sua marca.

Tecnologias TOTVS para CRM

Acima de tudo, lembre-se do papel da tecnologia na implementação do marketing holístico.

Não há como integrar setores, centralizar dados e criar uma estratégia ampla e unificada sem o uso das ferramentas certas.

Não se trata de investir em todas as plataformas do mercado, mas nas mais adequadas para seu negócio e para o marketing holístico.

As soluções de CRM da TOTVS têm o poder de revolucionar seu negócio, sanando suas necessidades de comunicação e melhorando sua relação com os clientes.

Que tal saber mais sobre as soluções de CRM da TOTVS e como eles podem impactar sua estratégia de marketing, automatizando processos e otimizando seu funil?

Conclusão

O marketing holístico permite que a empresa foque em um único objetivo, atuando como um corpo único, criando uma sinergia de processos capaz de reforçar a mensagem, a imagem e a força da marca.

É uma maneira eficiente de colocar sua empresa e seus valores na mente dos clientes — impedindo que sua mensagem entre por um ouvido e saia pelo outro.

Portanto, com o aumento da concorrência, o conceito de marketing holístico se torna uma solução eficaz para sua empresa se manter relevante e no topo do mercado.

E então, você gostou de aprender tudo sobre o conceito? Esperamos ter resolvido todas as suas dúvidas!

Para continuar de olho nos conteúdos e em outros guias completos como esse, que tal assinar a newsletter da TOTVS?

É só preencher o formulário no topo do conteúdo, ao lado da introdução!

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.