custos-logisticos

Descubra como reduzir custos logísticos na sua empresa

Equipe TOTVS | GESTÃO LOGÍSTICA | 13 agosto, 2020

Devido ao crescimento da concorrência e aos clientes com desejos mais assertivos, a logística possui um papel estratégico nas empresas. Porém, muitas vezes, os custos logísticos podem ficar no caminho do desenvolvimento.

Fatores como distribuição, armazenamento, transporte, entre outros, geram custos necessários. Entretanto, é preciso estudar meios de torná-los menos prejudiciais ao orçamento da empresa, sem que a qualidade do serviço seja impactada. Veja quais os principais custos da logística e como reduzi-los.

O que são custos logísticos e por que reduzi-los?

Para entender o que são custos logísticos, basta pensar em todas as despesas que estão relacionadas com a logística da empresa. Podem envolver estoque, separação, distribuição, gestão de frete, gerenciamento de frota, entre outros. 

Com o crescimento das compras on-line, cada vez mais, a logística precisa encontrar meios de reduzir o valor do frete e entregar a mercadoria dentro do prazo. Atingir uma boa gestão de custos logísticos pode significar se destacar no mercado e conquistar mais clientes.

Nova call to action

Relação entre custos fixos e variáveis

Entre os principais processos logísticos, é possível identificar os gastos gerados que têm potencial para serem diminuídos. Para isso, é preciso fazer uma análise detalhada sobre todos esses gastos e, daí, identificar onde é possível fazer reajustes. Veja a seguir a relação entre custos fixos e custos variáveis:

Custos fixos

Quando falamos sobre custos fixos, estamos nos referindo àqueles que estarão sempre na conta da empresa. Podem ser gastos com salário de colaboradores, manutenção da frota e de equipamentos, limpeza, entre outros. Esses custos não variam segundo o volume de serviço da companhia.

Custos variáveis

Como o nome já diz, os custos variáveis se alteram conforme o volume de atividade da empresa. Portanto, podem aumentar ou diminuir dependendo da quantidade de serviço que o negócio está atendendo no momento. Ademais, estão relacionados com material de trabalho, insumos, como água e energia, embalagens, entre outros.

Principais custos logísticos

Como vimos, os custos podem ser tanto variáveis quanto fixos. E, para ser possível reduzi-los de forma que não prejudique os serviços e sua qualidade, é preciso entender quais são os principais custos logísticos. Veja a seguir:

Armazenagem

Um dos principais fatores que podem gerar altos custos para uma empresa são as despesas com armazenagem. Tudo o que se refere à gestão de estoque e à armazenagem pode interferir nas contas da companhia. E isso inclui o aluguel do armazém, materiais como paletes e outros equipamentos e custos de mão de obra.

Transporte

Combustível, gestão de frota, aquisição de veículos e depreciação são fatores que fazem parte dos custos com transporte. Além disso, no Brasil, esses custos podem aumentar devido à malha rodoviária do país, que contribui para a depreciação dos veículos. 

Embalagens

Outra fonte de custos comum em empresas do setor logístico são as embalagens para fazer o transporte das mercadorias de forma segura. Apesar de serem utilizadas com a finalidade de garantir a integridade dos itens transportados, as embalagens podem gerar gastos significativos para a empresa.

Tributação

Impostos relacionados à logística também se configuram como uma fonte de gastos para as empresas do setor. O nosso país possui uma carga tributária alta que inclui impostos como: o CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) e ICMS (Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal).

Como reduzir os custos logísticos?

Agora que você já sabe quais são os principais custos logísticos da sua empresa, é possível analisar como desenvolver um planejamento para reduzi-los de forma segura e sem prejudicar a qualidade. Veja a seguir algumas dicas que podem ajudar com essa tarefa:

Crie um planejamento

O primeiro passo para implementar uma redução de custos na empresa é desenvolver um planejamento que vise estudar as fontes de despesas e identificar oportunidades de redução. Nesse ínterim, é essencial envolver todos os profissionais da companhia para realizar tal estudo e entender os processos.

Mapeie os processos logísticos

O mapeamento de processos logísticos ajuda a definir uma padronização para que todos entendam o nível de qualidade exigido na empresa. Para isso, é preciso estudar as sequências operacionais e fazer ajustes para que sejam mais eficientes. Com isso, o gestor poderá reorganizar o fluxo das atividades de maneira que evite desperdício e gastos desnecessários.

Invista em automatização de processos

Outra forma de reduzir custos e tornar as atividades da empresa mais eficiente é com a automatização de alguns processos. Atividades mais repetitivas podem ser feitas por máquinas ou softwares de maneira mais rápida, com isso, evitando erros, que podem levar à refação de trabalho.

Como um sistema de gestão logística pode ajudar?

A tecnologia está cada vez mais presente em todos os setores, e com a logística não é diferente. Softwares de gestão são ferramentas que podem auxiliar em todo o processo logístico para que haja mais produtividade e eficiência. 

Por meio dessa tecnologia, é possível gerenciar todas as atividades e ter mais controle sobre os processos. Isso contribui para facilitar a redução de custos logísticos e ainda aprimorar os processos. Entenda mais sobre a logística 4.0 e como levar sua empresa até ela!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.