Take Away: qual o diferencial do modelo e como implementar

Equipe TOTVS | 31 agosto, 2021

O take away pode ser uma excelente maneira de reduzir custos e aumentar sua margem de lucro e ainda oferecer um modelo mais moderno que fortaleça a experiência do seu cliente. Afinal, em um restaurante take away, os clientes não comem no próprio estabelecimento.

Com a questão da pandemia, muitos restaurantes e negócios do segmento de food service, se viram obrigados a alterar seu funcionamento.

O objetivo era manter-se de pé, com as contas em dia, enquanto era necessário lidar com as restrições sociais.

Desse modo, o modelo de negócio take away tomou conta de vários empreendimentos por todo país. Você certamente já consumiu alguma refeição no modelo take away!

Por isso que, cada vez mais, ele passa a ser adotado por negócios do food service em todo o Brasil. Mas afinal, realmente vale a pena? Como o take away funciona, quais suas vantagens e como implementar esse modelo em seu restaurante?

Respondemos tudo isso e muito mais em nosso guia sobre take away no food service. Que tal aprender mais? Siga a leitura!

O que é Take Away?

O take away é um modelo de negócio de restaurantes, lanchonetes, food trucks e empreendimentos do food service de maneira geral. Nele, o estabelecimento prepara a comida para que os clientes a recolha e coma em outro espaço, fora do restaurante.

Mesmo em apps famosos de Delivery, você já deve ter se deparado com a funcionalidade de “Retire no estabelecimento”. Isso é o Take Away!

De maneira simples, é basicamente assim que funciona um restaurante take away. O modelo ficou conhecido como take-out, que significa a mesma coisa.

Hoje, é muito comum que os empreendimentos do food service ofereçam o take away como um serviço, um diferencial de atendimento.

Ou seja, que adotem e ofereçam diferentes formas do cliente pedir, receber e consumir seus pedidos.

Desse modo, não é raro encontrar restaurantes com modelo de negócios híbridos, que ofereçam tanto o delivery como o take away, ou mesmo com mesas para consumo no local.

Trata-se, portanto, de um modelo de negócios bem mais flexível, conveniente, que reduz custos e satisfaz uma parte dos seus clientes.

As diferenças entre Take Away, Delivery e Drive-thru

O modelo take away é apenas uma das estruturas de atendimento que um empreendimento do segmento food service pode adotar. Existem outros modelos, como o delivery e o drive-thru. Mas afinal, quais as diferenças?

  • Take Away: o cliente faz o pedido via telefone, aplicativo, WhatsApp, que confirma o pedido e lhe dá um prazo para que fique pronto. A retirada do pedido é feita no próprio restaurante, pelo cliente. O pagamento pode ser feito na retirada ou via aplicativo.
  • Delivery: o modelo alternativo mais clássico do Brasil. O cliente faz o pedido via telefone, aplicativo ou WhatsApp, combina o meio ou realiza o pagamento direto via aplicativo e recebe seu pedido na porta de casa, entregue normalmente por um motoboy ou ciclista.
  • Drive-thru: muito comum em restaurantes de fast-food (especialmente pela velocidade no preparo) é um modelo próprio para quem realiza o pedido de dentro do seu carro. Para isso, o cliente dirige-se até o estabelecimento, faz o pedido direto com um atendente, realiza o pagamento, espera e leva o pedido consigo.

Qual é o melhor modelo?

O melhor modelo de negócio para um restaurante vai depender das suas capacidades, do comportamento do consumidor e do tipo de refeição e bebidas que serve.

Hoje, o modelo de delivery é como um “go-to” do segmento de food service: praticamente todos os estabelecimentos possuem um motoboy ou parceria com um aplicativo de entregas. O principal é que atende diferentes tipos de consumidores.

Já o modelo de drive-thru exige certa estrutura (uma pista dedicada para os carros que chegarem), bem como um atendente dedicado para anotar os pedidos e entregá-los.

Além disso, o ideal quando você oferece drive-thru é que sua produção seja rápida — afinal, evita longos períodos de espera e filas, que podem gerar insatisfação.

Nesse caso, ter esse modelo é uma questão de localização do seu estabelecimento, bem como do perfil do seu consumidor.

Um restaurante com uma proposta mais refinada, por exemplo, provavelmente terá pouca demanda por um drive-thru.

E o modelo take away é uma excelente maneira de complementar seu atendimento — além de reduzir custos significativos, especialmente os logísticos que envolvem a entrega do pedido.

Provavelmente, o principal investimento que o take away requeira tenha relação com as embalagens para que o cliente possa retirar o pedido e levá-lo para o outro local, onde irá consumi-lo ou armazená-lo.

Esse é um modelo semelhante ao delivery, no sentido de que apela a vários públicos.

Em cidades grandes, é especialmente utilizado por cafeterias, lanchonetes e outros estabelecimentos menores e nichados, já que sua localização coincide com o caminho pelo qual os clientes percorrem todos os dias.

Nova call to action

Como funciona um sistema Take Away?

O sistema take away funciona de maneira bem intuitiva: o cliente faz seu pedido via telefone ou aplicativo, combina um método de pagamento e, minutos depois, passa no restaurante para retirá-lo. Após o pagamento, ele leva o pedido para outro local. O pagamento pode ser feito diretamente pelo app, e o cliente só realmente tem o trabalho de chegar no estabelecimento e retirar o pedido. 

É uma dinâmica bem simples e muito bem definida.

Claro, podem ocorrer variações.

Caso seja possível, o cliente que fez o pedido no sistema take away pode usar uma mesa do estabelecimento para comer, por exemplo.

No entanto, geralmente, pedidos no modelo take away seguem a dinâmica de funcionamento que explicamos acima.

É um método muito eficiente para aumentar a confiança do cliente em relação ao seu estabelecimento, bem como para reduzir custos e riscos relacionados à logística dos pedidos.

Quais as vantagens de um sistema Take Away?

E afinal, quais as vantagens de adotar um sistema take away de atendimento em seu restaurante? Vale realmente a pena reformar seu modelo de negócios para incluir a opção da retirada de pedidos no estabelecimento?

Bom, vamos responder essas questões com alguns dos principais benefícios que restaurantes por todo mundo perceberam ao adotar o take away. Veja só:

Menos limitações

Com o take away, seu restaurante tem menos limitações na hora de criar refeições elaboradas.

Afinal, o delivery, por exemplo, molhos ou comidas com muito líquido costumavam sofrer. No caso do take away, a responsabilidade pela logística do pedido fica à cargo do cliente.

Claro, isso não significa que seu negócio vai entregar a refeição de qualquer jeito. 

Pelo contrário, o take away abre um leque de opções de embalagem maior, que muitas vezes não “aguentam” o agito dos baús de motoboys e ciclistas.

Custos inferiores

Como falamos, os custos com o take away são menores, afinal você não precisa arcar com as taxas de entrega destinadas aos motoboys e ciclistas.

Além disso, essa diferença é repassada ao cliente, que também não precisa arcar com o frete — um fator-crítico para que ele faça o pedido.

Porém, lembre-se: no take away, é de bom gosto caprichar na embalagem.

É uma forma de trabalhar seu branding, reforçar o reconhecimento de marca e facilitar a viagem para os seus clientes!

Estrutura simples

Diferentemente do drive-thru, o take away não exige grande estrutura para o seu funcionamento.

Basta um sistema de gestão para organizar os pedidos e controlar o estoque e, claro, sua cozinha em funcionamento.

Outro ponto importante é que o take away é ideal para foodtechs que possuem uma proposta mais inovadora, como é o caso das dark kitchens.

Esses são negócios constituídos apenas pela cozinha, dedicados exclusivamente ao delivery — e ao take away, caso o empreendedor queira complementar sua atuação.

Comodidade

O take away é um modelo de atendimento que reforça o cuidado de um restaurante com o customer experience. Ou seja, a experiência do cliente.

Desse modo, oferece mais comodidade para o consumidor que não quer arcar com os custos de frete de um pedido.

Ou mesmo do cliente que quer apenas pegar seu pedido na volta do trabalho para comer logo que chegar em casa ou no happy hour.

Enfim, motivações não faltam — e é por isso que o take away pode ser uma aposta tão boa para o seu restaurante conquistar um novo tipo de clientela.

Como implementar o Take Away no seu negócio?

E agora, ficou interessado em expandir o atendimento do seu restaurante com o take away? Que notícia boa! Mas antes de começar a divulgar para seus clientes, existem alguns passos que você precisa seguir.

Afinal, você deve garantir que todos os processos estejam alinhados e otimizados para que o take away seja um diferencial competitivo no seu negócio, não um estorvo.

Para isso, temos algumas dicas para que você possa implementar o take away com sucesso em seu restaurante. Confira!

1. Cardápio

Assim como no delivery ou drive-thru, existe uma variedade aceitável de refeições e bebidas que podem se encaixar no take away.

Como falamos, esse modelo de atendimento é um pouco mais versátil, logo, você pode incluir diferentes e mais variados tipos de pratos para venda!

Aqui, vale também se atentar à própria estrutura do seu restaurante e como você pode lidar com o take away, delivery, drive-thru e atendimento no local ao mesmo tempo.

Provavelmente, concessões precisarão ser feitas. Por isso, calcule com cuidado quais pratos do cardápio take away você vai disponibilizar.

Que tal começar com um teste, oferecendo porções que contenham finger foods ou alimentos em pequenas quantidades?

Assim, é possível entender como sua cozinha lida com esse novo canal de vendas e assimila todos os pedidos internamente.

2. Espaço

O modelo take away exige certa agilidade no recolhimento de pedidos, no seu preparo e na embalagem dos mesmos.

Por isso, recomendamos que você separe um espaço da cozinha, bem como alguns profissionais (pode ser até mesmo um só, em um primeiro momento) para o seu preparo.

Desse modo, você consegue manter um “setor” funcional apenas para o atendimento agilizado do cardápio de take away.

Aqui, vale muita atenção para o seu estoque e para a organização do rodízio das prateleiras, bem como para a parte de embalagem dos produtos!

3. Treinamento

Se o modelo take away for realmente uma novidade em seu estabelecimento, prepare os seus funcionários com treinamentos, capacitações e bastante conversa.

É importante deixar todos os envolvidos no processo de preparo dos alimentos à vontade, de modo que nenhum processo dentro e fora da cozinha saia do controle.

4. Otimização do processo

Quanto mais otimizada for a gestão do seu restaurante, maiores as chances de sucesso do seu atendimento take away.

Por isso, pensar e investir na otimização dos processos é uma necessidade, especialmente para negócios que visam se destacar no mercado e aumentar suas margens de lucro.

Uma forma de fazer isso é mudando sua forma de controlar os processos internos. 

A automatização da administração do restaurante, com uso de um sistema de gestão, é uma excelente medida para que você possa focar na qualidade do atendimento e do preparo das refeições.

Como a tecnologia pode auxiliar em um sistema Take Away

Como você viu, o take away apenas funciona se o seu negócio está preparado para atender com rapidez aos pedidos dos seus clientes. Afinal, a cada pedido feito, você tem a certeza de que o consumidor está chegando em seu estabelecimento e sua missão é não atrasar o fluxo produtivo.

Longas esperas podem ser motivo de frustração.

Por isso, você deve proporcionar ferramentas digitais que auxiliem o cliente em cada etapa da sua experiência.

Um deles é o cardápio digital, que proporciona mais comodidade na escolha dos pratos e bebidas, bem como agiliza e automatiza seu processo produtivo.

Desse modo, os pedidos vão diretamente para a cozinha, com observações dos próprios clientes.

Além disso, a tecnologia tem papel fundamental na gestão do seu negócio.

Como integrar tantos canais de atendimento, como a boca de caixa, o seu site e os aplicativos de entrega? Ou seja, como capacitar o omnichannel para restaurantes?

Com um sistema de gestão próprio para food service, você tem tudo isso em mãos, simplificando a conciliação de cartões e o controle de entradas e saídas!

TOTVS Varejo Food Service

O TOTVS Varejo Food Service é o sistema mais especializado e completo para a gestão de restaurantes e food services.

O sistema da TOTVS possui todas as funcionalidades necessárias para gerenciamento do seu negócio, do administrativo até o delivery ou take away.

Com a tecnologia da TOTVS para food service, você integra todas as plataformas delivery em seu sistema de gestão, centralizando as informações.

Desse modo, você consegue acompanhar não apenas os pedidos conforme chegam, mas os níveis de estoque e as entregas.

Quer modernizar o seu negócio com o take away? Então a melhor forma de habilitar o modelo em seu restaurante é com o TOTVS Varejo Food Service!

Conheça todas as funcionalidades e os diferenciais do melhor sistema de gestão para o segmento gastronômico, TOTVS Varejo Food Service!

Nova call to action

Conclusão

Ao longo deste conteúdo, te explicamos o que é, como funciona, qual a importância e as vantagens do modelo take away nos restaurantes.

Ficou interessado em implementar no seu negócio? Então siga as nossas dicas para facilitar o processo!

Lembre-se que é necessário apostar na tecnologia, de modo que você não se perca na gestão dos pedidos, do estoque e das finanças.

Para isso — e para potencializar a produtividade do seu time do atendimento até a cozinha — escolha o TOTVS Varejo Food Service!

Antes de voltar a colocar a mão na massa, que tal seguir aprendendo sobre o segmento do varejo aqui no blog da TOTVS?

Temos vários conteúdos sobre gestão e controle financeiro, bem como tendências que podem ser revolucionárias para os seus resultados. Siga lendo!

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.