Entenda como o marketplace impulsiona a cadeia de suprimentos

Equipe TOTVS | GESTÃO DE NEGÓCIOS | 06 agosto, 2018

Fornecedores, Indústria, Distribuidores, Varejo e – por fim – o consumidor final. Esse é o fluxo da cadeia de suprimentos, também chamada de Supply Chain, que nada mais é do que a gestão e interconexão das empresas que fazem parte deste ciclo, desde a produção dos insumos até o consumo do produto ou a prestação do serviço. Nela, cada etapa gera, de alguma forma, valor para o consumidor final. Com a disseminação das tecnologias digitais, no entanto, o comportamento do consumidor mudou, e com ele, toda a gestão da cadeia de suprimentos.

Um dos pilares dessa transformação foi a introdução do comércio eletrônico como um dos elementos da rede de suprimentos. Entre outros efeitos, as lojas on-line deram mais poder de escolha ao consumidor, que passou a ser o ponto de partida do planejamento das cadeias produtivas. Elas também pulverizaram a logística de entrega, obrigaram varejo e indústria a aumentar o nível de customização de produtos e serviços, e possibilitaram que indústrias vendessem seus produtos diretamente ao consumidor.

O papel dos marketplaces

Dentro desse novo cenário, surgiu uma peça que vem desempenhando um papel importante na gestão de Supply Chain do comércio eletrônico. Estamos falando dos marketplaces, grandes portais de e-commerce que abrigam centenas de lojas em um único ambiente virtual. A Amazon, maior varejista do mundo, e responsável por cerca de 50% do faturamento do comércio eletrônico nos Estados Unidos, é o exemplo mais conhecido. No Brasil, marketplaces como Submarino, Americanas.com, Extra.com ou Magazine Luiza, entre outros, ocupam os primeiros lugares do ranking de vendas do e-commerce brasileiro.

Atraindo grande volume de tráfego, os marketplaces viabilizaram a entrada de milhares de players no varejo eletrônico, dando sustentação a esse novo modelo de gestão da rede de suprimentos. Na prática, os marketplaces emprestam sua marca e sua escala para que essas empresas (do varejo ou da indústria) realizem suas operações de e-commerce. Com o primeiro impulso, elas podem se familiarizar com as peculiaridades do comércio eletrônico, antes de se aventurar em operações próprias de e-commerce.

Outro efeito positivo é que os marketplaces reduzem o investimento inicial em infraestrutura tecnológica e marketing para a implantação das novas lojas virtuais. Dessa forma, fortaleceram enormemente o ambiente de negócios do comércio eletrônico. Com sua base de consumidores, eles deram musculatura às novas lojas virtuais do varejo e da indústria.

Efeito no Supply Chain

Ao mesmo tempo, a multiplicação de novos players na arena do comércio eletrônico beneficia toda a gestão da cadeia de suprimentos. A logística terceirizada, característica do comércio eletrônico, por exemplo, reduz o custo fixo da indústria e também do varejo, que pode trabalhar com estoques mais baixos, sem perder a variedade na oferta de produtos.

Esse ciclo virtuoso acaba por se refletir também na reta final do Supply Chain: a venda do produto ao consumidor final. Quanto mais lojas possui a plataforma de marketplace, maior variedade ele oferece e mais consumidores atrai. Desse modo, a operação vai ganhando cada vez maior escala, viabilizando a entrada de novos players no comércio eletrônico e atraindo mais clientes para essa experiência de consumo e fazendo crescer o volume de vendas.

Hoje, já não é possível imaginar o comércio eletrônico sem as plataformas de marketplace. No Brasil, elas já representam cerca de 25% do faturamento total do e-commerce. Sem esses portais, todo o varejo virtual sofreria um grande abalo, que se estenderia por toda a rede de suprimentos. Por isso, ao planejar sua gestão de Supply Chain, não se esqueça de levar em conta o papel dos marketplaces no seu ambiente de negócios.

Download do Guia prático da indústria para o varejo da TOTVS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.