Saiba como fazer um protótipo que atenda a demanda da indústria da moda

Equipe TOTVS | Biblioteca | outubro 01, 2018
A moda vive em constante transformação, isso é fato. O vai-e-vem de tendências exige muito dos profissionais envolvidos na criação das coleções de uma indústria de confecção. Toda pressão exercida, principalmente sobre o departamento de estilo, é pelo anseio da equipe em ter à disposição, peças que farão os consumidores se apaixonarem, pagarem o valor estabelecido e definitivamente transferi-las para os seus guarda-roupas. Desta forma, os esforços se concentram em encontrar o melhor conceito, a melhor inspiração, as peças mais produtivas e que mais agradam ao consumidor final. Saber como fazer um protótipo que atenda a esses requisitos torna-se fundamental.

O grande desafio das empresas nesse segmento, é manter o ritmo quase frenético de produzir novidades, uma atrás da outra. Enquanto os consumidores estão pensando em comprar peças novas para enfrentar o friozinho que está chegando, os profissionais de moda estão trabalhando duro para entregar as novidades da próxima estação.

Diante dessa necessidade, os envolvidos nas decisões de criação, produção e vendas precisam estar amparados em informações confiáveis e relevantes sobre o mercado e seus históricos. Há um ditado popular que diz: “Se eu tiver oito horas para cortar uma árvore, gastaria seis afiando o meu machado.” Deixando um pouco de lado o conservadorismo ambientalista e nos concentrando apenas na essência da mensagem, esse ditado exemplifica bem a necessidade de muitas empresas, inclusive as de confecções. Um bom planejamento pode significar redução de custos produtivos, redução no nível de estresse durante o processo de definição da coleção e um maior acerto na definição das peças que serão produzidas.

O grande problema, é que muitas vezes, pressionados pelos prazos curtos e a necessidade de criar sempre algo diferente e sintonizado com as tendências, o time só se percebe muito longe no processo, que o protótipo não atende as características de um item campeão de vendas e lucratividade. Em alguns casos o “produto” já consta até nos materiais de divulgação da marca.

A solução da TOTVS para a indústria da moda, contém o SPA (Solicitação de Protótipo de Amostra), que permite a criação de protótipos pela equipe de desenvolvimento, com o acompanhamento dos prazos e custos de produção, feito pelos gestores. Essa funcionalidade, por exemplo, evita que um determinado item da coleção siga adiante, se detectado uma baixa taxa de produtividade ou custos elevados de fabricação.

A falta de acompanhamento como esse, pode permitir que protótipos inviáveis se transformem em produtos fora dos padrões da marca, trazendo dificuldades para o time de vendas da empresa. Fale com a gente e resolva o problema de planejamento de coleção da sua confecção.

Call to action para baixar o e-book de Lean manufacturing TOTVS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *