Planejamento Financeiro: Saiba o que é, importância e dicas

Equipe TOTVS | 24 junho, 2021

O planejamento financeiro é uma ferramenta de estratégia e análise que precisa ser utilizada para guiar sua empresa na direção de seus objetivos e metas.

Afinal, ter estratégias bem definidas de negócio aliadas a um bom investimento para colocá-las em prática é fundamental, mas qualquer empreendedor sabe que, se a matemática não funciona, o negócio não roda.

E o planejamento financeiro é a ferramenta definitiva para fazer isso acontecer, servindo de base para consolidar o crescimento de um negócio.

Além disso, especialmente em tempos de incerteza e instabilidade econômica, o planejamento financeiro pode ajudar a nortear as decisões a serem tomadas — das mais simples às mais complexas.

Aqui, veremos o que o planejamento financeiro envolve e como ele pode ajudá-lo a expandir seu negócio.

Como?

Vamos examinar exatamente o que é planejamento financeiro, como é feito, quais os erros mais comuns em sua aplicação e como a tecnologia pode ajudar em todo esse processo.

Continue aprendendo tudo sobre o assunto!

O que é o planejamento financeiro de uma empresa?

O planejamento financeiro trata-se de uma ferramenta que vai definir as diretrizes e determinar as metas financeiras de curto e longo prazo da sua empresa.

Este documento pode ser encarado como um mapa financeiro que mostra onde a empresa está, onde quer chegar e como alcançar os objetivos no curto, médio e longo prazo.

Ou seja, ele aplica projeções e dados financeiros reais para colocar o restante do seu plano de negócios em contexto.

É como a “seção” financeira do seu plano de negócios geral.

Porém, o que é tão importante sobre esse recurso é que, apesar de você poder utilizar números contábeis existentes para criar seu planejamento, não se trata simplesmente de copiar e colar os dados contábeis.

Na verdade, para criar um planejamento financeiro, você precisa analisar os objetivos de negócio e definir os investimentos que pode fazer, em cada área, para atingi-lo.

E talvez se você nunca tenha feito um, realmente o planejamento financeiro pode parecer algo básico demais. Mas saiba que, na prática, é o contrário.

Uma pesquisa da Palo Alto Software, divulgada pelo seu fundador Tim Berry em seu site, descobriu que, entre 3 mil empreendedores, àqueles que tinham feito e concluído seu plano de negócio e seu planejamento financeiro tinham:

  • Mais de 60% chances de ver seu negócio crescer e atingir as metas;
  • Mais de 30% de chances de conseguir um investidor;
  • Mais de 30% de conquistar um empréstimo.

Por que fazer um planejamento financeiro?

Entender o motivo de fazer um planejamento financeiro é também compreender sua importância para o negócio.

Em termos gerais, o planejamento financeiro ajuda você a construir um negócio bem-sucedido.

É esse planejamento — e todo plano de negócios — que vai ditar como você vai conduzir sua empresa hoje, amanhã, no próximo mês, semestre e ano.

É um recurso que permite uma avaliação aprofundada de seu ambiente de negócios, bem como seus objetivos, os recursos necessários para atingi-los, sua equipe e seu orçamento.

Além disso, o planejamento financeiro também destaca os tipos de riscos que você talvez possa enfrentar.

E embora você não possa garantir que tudo correrá exatamente como planejado, este exercício o prepara para o que está por vir.

Porém, há algumas questões pontuais mais práticas onde é possível ver o impacto do planejamento financeiro. Abaixo, indicamos as principais e como essa ferramenta contribui!

Ajuda a organizar o orçamento 

Com o planejamento financeiro, é possível dividir o orçamento para cada setor, dedicando valores que refletem a importância de cada um.

Além de organizar o fluxo de dinheiro, o orçamento bem definido também ajuda os setores a definir restrições orçamentárias.

Assim, além de facilitar o monitoramento dos orçamentos (pois a tarefa divide-se em centros de custos), é mais simples controlar gastos e investimentos.

Prevê o cenário financeiro da empresa

Com uma melhor e mais atenta gestão de custos, você fica por dentro das entradas e saídas de capital.

Assim, você otimiza o controle do fluxo de caixa e organiza registros financeiros.

Tudo isso serve de insumo para melhorar a previsibilidade financeira da empresa — até mesmo criando simulações, entendendo como a organização passaria por situações de crise, alta ou baixa demanda.

Identifica desperdícios  

Tamanha clareza e profundidade de análise também permite que você “ajeite a casa”.

Ou seja: o simples fato de criar e gerenciar um planejamento financeiro lhe dá poder suficiente para identificar desperdícios que prejudicam seu caixa.

Auxilia na elaboração de plano de ação  

E da mesma forma que o planejamento financeiro permite que você olhe com uma lupa para os desperdícios de dinheiro, também proporciona uma visão ampla da estrutura da empresa.

Ou seja, quais os processos mais e menos relevantes — em relação aos objetivos do negócio.

Com essas informações como insumo, é possível criar planos de ação mais rápida e eficientemente.

Ajuda a identificar o momento de solicitar crédito

Contar com crédito para empresas é uma dúvida que muitas companhias têm, afinal, qual o melhor momento para utilizar desse meio? 

A partir do estudo de planejamento financeiro sua empresa consegue ter uma visão muito mais abrangente, e pode solicitar o crédito tanto para suprir uma necessidade, gastos a mais não esperados como também investir em inovação. 

eBook Grátis - Guia Prático Para Uma Gestão Financeira Que Garanta o Lucro da Empresa

Como é feito um planejamento financeiro? Veja o passo a passo

O planejamento financeiro é um estudo de vital importância para que um negócio cresça direcionado por suas metas.

Trata-se da matemática que dá razão às decisões corporativas mais importantes que você irá tomar.

Mas você sabe que não se trata apenas de escrever os seus gastos e o seu capital em uma folha de papel ou planilha, certo? Há muito mais envolvido.

A seguir, te ensinamos como fazer um planejamento financeiro do zero e de maneira bem simples. Veja só:

1º Passo: Crie metas a curto, médio e longo prazo  

As metas vão servir como norteadoras das suas decisões corporativas. Elas devem existir — e ir além apenas do setor financeiro.

Você pode tanto buscar maior rentabilidade em sua empresa, como também dobrar a produtividade atual do chão de fábrica ou mesmo otimizar seu estoque.

Perceba: todos esses objetivos são refletidos diretamente no planejamento financeiro. Liste alguns, escolha os principais e comece sua organização!

2º Passo: Liste todos os custos fixos, variáveis e despesas, bem como receitas

Um passo importante da criação do planejamento financeiro é definir seu orçamento. Para isso, é indispensável conhecer seus custos fixos e variáveis.

Os custos fixos permanecem os mesmos, independentemente do desempenho produtivo (aluguel, internet, etc).

Os custos variáveis variam de acordo com a performance produtiva (como salários, gastos com matéria-prima, etc).

Ao entender o seu cenário de despesas, é hora de buscar compreender as receitas para os próximos períodos (6 meses, 1 ano, dependendo do quão amplo for o planejamento).

Você pode registrar todas as entradas, como vendas, rendimentos de investimentos, empréstimos, aluguéis de máquinas, etc.

3º Passo: Faça um orçamento 

O orçamento deve ser composto de projeções realistas, que estejam relacionadas tanto com os seus objetivos como com os custos e receitas.

Esse orçamento vai ajudar você a entender quanto a empresa vai arcar com custos, qual o caixa atual e quanto a organização precisa receber (ou seja, vender) para alcançar as metas.

4º Passo: Crie um plano de ação 

Agora, é preciso definir os caminhos para perseguir seus objetivos e cumprir o orçamento. Ou seja:

  • Quais investimentos realizar?
  • Quais processos devem ser revistos?
  • Quais profissionais devem ser contratados?
  • É preciso implementar uma nova metodologia de gestão para otimizar resultados?

São as respostas a essas perguntas que vão definir as ações a serem tomadas.

5º Passo: Coloque o plano de ação em prática

Por fim, a parte prática: colocar tudo isso em prática e, de forma periódica, analisar os resultados, identificar oportunidades de melhoria e redefinir seu plano de ação.

Principais erros cometidos na hora de fazer o planejamento financeiro do negócio? 

Agora, o que evitar na hora de fazer o seu planejamento financeiro? Há erros que muitos cometem — talvez até mesmo você, e seja esse o motivo das finanças desequilibradas.

Então, o que deve ser evitado em nome do bom planejamento financeiro?

  • Precificação errada dos seus produtos: um mau dimensionamento da cadeia produtiva pode impactar na precificação errada de suas mercadorias, o que impacta diretamente no caixa do negócio.
  • Desconhecimento dos processos internos: como estipular um orçamento fiel, e angariar todos os custos e despesas, se você não entender como a estrutura organizacional funciona com plenitude?
  • Falta de objetivos do planejamento financeiro: o controle não existe pelo mero motivo da organização. Ele deve ser feito com um objetivo em mente. Assim, é possível estimular a melhoria contínua e lapidar o processo de tomada de decisões.

Como um sistema de gestão ajuda no planejamento financeiro de seu negócio? 

Você percebeu que muitas das tarefas que um planejamento financeiro exige, desde sua concepção até a implementação, são complexas, certo? São atividades que exigem análise, curadoria de dados e monitoramentos constantes.

Já pensou o quão difícil isso pode ser, caso feito à mão em sua empresa, com dedicação de um, dois ou mesmo um time inteiro de profissionais?

É um dos motivos pelos quais muitas empresas falham em criar seu planejamento financeiro.

O sistema de gestão ajuda justamente nesse ponto, encarregando-se de ser tanto o cérebro como os braços que agem em cima do seu planejamento.

Essa solução oferece as ferramentas necessárias para você organizar cada aspecto do seu negócio, em especial suas finanças.

Assim, você organiza dados e informações sobre o negócio e torna mais fácil a visualização do(s) orçamento(s), do faturamento, das vendas e do estoque, e de todo fluxo de caixa.

Ou seja, é possível que tanto você como sua equipe acompanhem em tempo real o andamento das operações e sua contribuição para as metas.

Assim, o gestor em si assume uma figura de controle mais eficiente e assertiva, já que ele pode analisar contas e pagar receber com mais agilidade.

Isso o permite gerenciar orçamentos, realizar previsões e projeções financeiras e facilita na hora da tomada de decisões sobre investimentos.

O melhor de tudo é que, com um sistema de gestão, ele recebe todas essas informações com alguns cliques.

Afinal, a tecnologia conta com recursos de automatização, que potencializam a produtividade e permitem que o profissional apenas tome as decisões — enquanto o sistema prepara todo terreno analítico e se encarrega das tarefas operacionais.

Quais são as vantagens de investir em um software para planejamento financeiro? 

O sistema de gestão pode ser a melhor alternativa para empresas que buscam implementar um planejamento financeiro realmente eficaz.

Agora, e no dia a dia, como essa tecnologia pode impactar seu negócio? Confira as principais vantagens!

Automatização

Um sistema de gestão permite total automatização de incontáveis atividades do seu Backoffice.

Ou seja, preenchimento de dados financeiros a cada lançamento, geração de notas fiscais, atualização de estoque, administração da folha de pagamento, entre várias outras funções.

Isso permite que o gestor foque na parte estratégica do negócio, potencializando sua produtividade e elevando seu nível de entregas.

Organização de processos 

Com um sistema de gestão, você é capaz de padronizar processos e organizar as informações.

Assim, centraliza dados que podem ser acessados por uma interface intuitiva e segura.

Tudo isso representa um grande impacto na rotina do setor financeiro, melhorando a comunicação interna e facilitando a criação de relatórios.

Informações exatas

Esqueça caderninhos, blocos de notas ou planilhas descentralizadas: o sistema de gestão oferece uma interface completa, muitas vezes personalizável, para você inserir dados.

Assim, reduz a quantidade de erros e ainda conta com a automatização para evitar retrabalhos, o que potencializa a precisão das informações.

Integração a outros sistemas

E já que o acesso às informações é um ingrediente indispensável para seu planejamento financeiro, é claro que um sistema de gestão proporciona isso.

Como? 

Com ampla integração a outros sistemas utilizados em sua empresa.

Assim, é possível coletar dados precisos das mais diversas fontes, de maneira automática e em tempo real.

Controle do fluxo de caixa

Agora, e se você precisar realizar mudanças no planejamento, de última hora? Para isso, você pode utilizar a função de controle do fluxo de caixa do sistema de gestão.

Assim, você tem total entendimento sobre a situação financeira da empresa (entre ativos e passivos) e pode tomar decisões calcadas em dados!

TOTVS Techfin

Se a sua empresa precisa de soluções simples e personalizadas e já está integrada ao nosso Backoffice, é importante saber que pode contar com as vantagens da TOTVS Techfin. 

A TOTVS Techfin surge para revolucionar as soluções de crédito, pagamentos e serviços, usando para isso o poder da tecnologia. Nossas soluções foram desenvolvidas para facilitar a gestão financeira da sua empresa. 

Simplifique o ciclo financeiro da sua empresa agora mesmo, entre em contato com a gente!

Nova call to action

Conclusão 

Pense bem: o que falta para o seu negócio dar o próximo passo em direção ao sucesso?

Muitas vezes, faltam objetivos viáveis e um direcionamento assertivo, calcado em dados.

No entanto, realizar tudo isso à mão é um verdadeiro desafio.

Por isso, ao implementar o planejamento financeiro, busque auxílio da tecnologia para auxiliar sua operação.

É um investimento que vai de acordo com as principais tendências de mercado e que pode impactar positivamente em seu negócio, contribuindo para um controle mais eficiente das finanças!

Esperamos que este conteúdo ajude você a tomar as melhores decisões de negócio!

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.