Como o just in time pode transformar a produtividade da indústria

O conceito de just in time na indústria é baseado na exatidão da cadeia produtiva. Assim, a produção se planeja para execução precisa conforme a demanda, evitando acúmulo de estoques e desperdício de matéria-prima.

No entanto, esta tarefa é mais complicada do que parece, afinal, operar de forma precisa requer conhecimento dos dados de produção, transporte e vendas. Por isso, muitas empresas têm adotado softwares de automatização que auxiliam a seguir os princípios do lean manufacturing.

Muitas vezes, as perdas e os custos desnecessários atrasam o crescimento da sua empresa. O jit atua no aumento da produtividade e melhoria do processo, desde o chão de fábrica até o fechamento contábil.

Logística integrada: da fábrica ao consumidor

Imagine um cenário em que é possível, em uma única plataforma, acompanhar pela logística integrada:

  1. O ciclo de vida do produto, desde sua engenharia até a gestão de projetos;
  2. Compra de suprimentos e controle de qualidade;
  3. Gerenciamento do estoque e controle de rastreabilidade;
  4. Logística de distribuição, fretes e faturamento;
  5. Tabela de vendas e contratos;
  6. Planejamento de vendas, materiais e da produção;
  7. Controle da produção no chão de fábrica,
  8. Manutenção de ativos, de frota e assistência técnica.

Uma tendência no mercado para quem busca por uma manufatura enxuta é unificar estes dados em um único software.

Uma das opções disponíveis é a MES (Manufacturing Execution Systems). A função é associar o ERP utilizado para planejar a produção com sistemas que medem e controlam a produtividade das máquinas. Assim, o apontamento deixa de ser manual para se tornar otimizado.

Logística 4.0: o que é?

Além do setor de manufatura, o just it time é muito utilizado na modernização dos operadores logísticos. A logística 4.0 aposta na eficiência e no ganho de velocidade para redução de custos. Assim, o ideal é possuir um sistema integrado entre a produção e a distribuição.

Entre as inovações no setor, estão o uso de BPM (Business Process Management), utilizado para gestão de times e negócios, GED (Gestão eletrônica de documentos) que proporciona visualizar histórico de atualizações, BI (Business Intelligence) baseada em indicadores real time e IA (Inteligência Artificial) com robôs colaborativos.

Just in time logística atende aos diversos segmentos:

  • Bens de capital, bens de consumo e bens duráveis;
  • Extrativismo e beneficiamento;
  • Metal mecânico, plásticos, papel e celulose;
  • Indústrias químicas;
  • Setores de reciclagem,
  • Indústria têxtil e de vestuário.

O que faz um software para manufatura enxuta?

O movimento de produzir cada vez com mais qualidade e menos recursos também está presente em áreas administrativas e de suporte, conhecido como Lean Enterprise (Empresa Enxuta).

Um dos pontos mais importantes para a prática do lean manufacturing é coletar os dados da eficiência do processo de produção. Assim, a automatização no chão de fábrica analisa três frentes: defeitos de fabricação, excesso de produção e estoque, movimentação de funcionários e transporte.

Dados como o consumo, a quantidade e o tempo de paradas, inspeções de qualidade e ocorrências de manutenção são levados em consideração. Vale destacar que estas informações devem ser acompanhadas em tempo real e com indicadores sobre o desempenho.

lean manufacturing

Produção de acordo com os princípios do just in time

A qualidade proposta pelo just in time tem como pilares a padronização e a estabilidade da produção, seguindo um fluxo contínuo, takt time e produção puxada.

Para implementar uma rotina just in time na sua empresa, o primeiro passo é identificar o seu diferencial ante ao cliente e por quais razões ele opta por comprar o seu produto. Depois, crie um mapa do fluxo de valor desde o recebimento de materiais até a expedição.

Oriente seu ritmo de produção conforme o conceito de “produção puxada” em que o cliente consome de um estoque reduzido, por exemplo, prateleiras de supermercados.

Indicadores associados ao just in time

Outro ponto fundamental é o controle estatístico da Cp, Cpk e de desvio padrão. Experimente capacitar colaboradores com publicações on-line de documentos e vídeos de instruções sobre como operar as máquinas.

Conheça a solução TOTVS!

Para quem está em busca da solução do mercado que comporta desde pequenas a grandes empresas, a TOTVS pode ajudar. Além disso, oferecemos atenção especial às normas do setor. Entenda mais sobre nossas soluções conversando com um especialista.

O software MES é integrado com os ERPs Protheus, Logix e Datasul e oferece apoio aos processos Lean, 6 Sigma e TPM para melhoria contínua. Conheça nossas opções em tecnologia para manufatura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *