Assessment: o que é, tipos e como aplicar na empresa

Equipe TOTVS | 20 janeiro, 2022

O processo de atração e seleção de talentos já não é como antigamente. Hoje, é necessário ir muito além do que os currículos informam, avaliando a fundo as competências, habilidades e comportamentos dos candidatos. Esse processo é conhecido como assessment.

Como o termo dá a entender pela sua tradução, trata-se do processo de avaliação de um profissional.

E claro, o assessment não se limita à atração e seleção de talentos, mas é utilizada internamente para avaliar os profissionais, sua produtividade e sua performance.

E então, o que é e quais os benefícios do assessment? Como aplicar na sua empresa e quais os diferentes tipos de assessment?

Explicamos tudo a você nesse conteúdo sobre o assunto. Continue a leitura para aprender mais!

O que é processo de assessment? Como ele funciona na prática?

No setor de RH, o assessment é o processo de avaliação de profissionais com o objetivo de identificar as suas competências, habilidades (hard e soft skills), bem como avaliar seus comportamentos.

É um dos processos mais importantes da gestão de capital humano — e pode ser aplicado em diversos momentos dentro da experiência do colaborador no negócio.

Isto é, desde a etapa de recrutamento de talentos até o momento de avaliar o desempenho do colaborador para oferecer uma promoção, por exemplo.

Na prática, o assessment funciona com a condução de um profissional capacitado, com auxílio de algumas ferramentas específicas.

Entre elas, sistemas de RH que centralizam a gestão do capital humano, bem como ferramentas metodológicas, que auxiliam na etapa de avaliação em si — oferecendo estruturas e frameworks para a mesma.

Qual o objetivo do assessment?

O objetivo do assessment vai depender da sua aplicação e dos objetivos da empresa. Ele é ideal para melhorar o processo de seleção de talentos, formar equipes para assumir projetos ou avaliar a qualificação individual de profissionais.

Isso porque trata-se de uma avaliação aprofundada do perfil do profissional, de modo a entender cada aspecto sobre seu comportamento e suas aptidões.

Ou seja, muito mais do que ele pode entregar na prática, mas se existe potencial para ser líder ou se está no setor certo.

Isso porque, mais do que focar no profissional, o assessment busca alinhar a avaliação de pessoas com os objetivos da empresa.

Assim, ao aplicá-la na avaliação de performance dos profissionais já empregados, é possível identificar erros e oportunidades de melhoria na própria estrutura corporativa.

Algo do tipo: “queremos ser inovadores, mas nenhum de nossos profissionais se sente compelido a apresentar novas ideias e soluções”.

É um insight valioso e capaz de gerar diferentes ações que melhorem o trajeto da empresa em busca de seus investimentos.

Quando o assessment deve ser usado pelas empresas?

Como mencionamos, o assessment é um processo de RH que pode ser aplicado em diferentes momentos da jornada do colaborador. Inclusive, é uma das ferramentas mais essenciais da gestão da experiência humana (HXM).

A seguir, separamos algumas ocasiões em que o assessment pode ser aplicado, confira:

  • Recrutamento e seleção: avaliar as competências do candidato, entendendo se ele possui o perfil que a empresa busca, habilidades necessárias ao cargo e expectativas de crescimento condizentes com a companhia.
  • Retenção de colaboradores: compreender as pretensões do funcionário para, junto com o mesmo, planejar os próximos passos da sua carreira dentro da empresa, conciliando sua evolução profissional individual com a organização, aumentando a retenção de talentos.
  • Planejamento de carreira: conversa direta com o profissional para que o mesmo possa alcançar as metas que ele mesmo e a empresa estabeleceram.
  • Diagnóstico de talentos: processo no qual a empresa avalia os profissionais já empregados para entender qual deles tem potencial de liderança.
  • Sucessão de cargos: avaliação dos profissionais (sejam eles já internos ou candidatos externos) para assumir posições de gestão.

Quais são os benefícios do assessment?

O assessment é importante por vários motivos, mas especialmente porque no fim das contas ajuda as empresas a conseguirem melhores resultados e também uma melhor experiência do colaborador.

De acordo com um estudo da IBM e da Work Human, as empresas com a melhor experiência do colaborador têm até 2 vezes mais retorno de vendas do que as outras.

E isso faz sentido: os funcionários trabalham mais e melhor quando sabem que existe um ecossistema de incentivo ao alto desempenho.

É algo que vai além de oferecer benefícios flexíveis ou modelos de trabalho dinâmicos, como o anywhere office. Na verdade, trata-se de uma cultura de inovação.

E o assessment é uma das ferramentas para o RH possa entender os colaboradores e candidatos, moldando sua cultura em relação ao que os profissionais que ali trabalham mostram.

Entre os principais benefícios do assessment, podemos destacar:

  • Avaliações regulares ajudam as empresas a entender onde seus funcionários estão atrasados;
  • A avaliação dos funcionários os ajuda a descobrir seus pontos fortes e fracos e a trabalhar constantemente neles;
  • Melhora a satisfação e a produtividade dos funcionários;
  • Colaboradores satisfeitos têm melhores relacionamentos dentro da organização e colegas, contribuindo para um bom ambiente de trabalho;
  • A taxa de retenção de funcionários aumenta com melhor fidelidade dos funcionários, reduzindo o turnover.

Quais são os componentes essenciais dessa metodologia?

Como já ficou evidente, o assessment é um tipo de avaliação das aptidões do candidato ou profissional da empresa. Logo, não basta apenas conversar com a pessoa para tirar dela as respostas, é necessário ter um método para tal.

Existem diferentes deles — que já, já explicaremos — mas o importante é compreender quais os componentes desse processo. Vamos lá?

  • Formulário de Resultados que a empresa espera: ou seja, qual o perfil ideal de candidato ou profissional que a empresa busca? As respostas ideais para as perguntas feitas devem estar aqui.
  • Avaliação multifacetada: de que forma os profissionais serão avaliados? Em uma conversa semestral com o responsável pelo RH ou o gestor de cada um terá que entregar um relatório preliminar? Criar esse processo é essencial.
  • Treinamento, capacitação e qualificação: se algum tipo de oportunidade de melhoria for detectada, qual a melhor maneira de corrigi-la? Com treinamentos e novas experiências!
  • Relatórios aprofundados: e como justificar as ações do RH e da gestão do capital humano para a liderança? Aqui, a presença de tecnologia para organizar dados é essencial, de modo a simplificar a criação de relatórios para uma melhor gestão estratégica dos profissionais.

Quais são os tipos de assessment?

E agora, como aplicar o assessment na sua empresa? Antes de conversar com os profissionais, é importante conhecer outro aspecto técnico deste processo: seus diferentes tipos.

A seguir, apresentamos 4 deles para você, confira:

Assessment cultural

No assessment cultural, avalia-se o fit do profissional em relação à cultura organizacional da empresa.

É um processo muito comum na etapa de recrutamento de talentos, já que averigua se o candidato tem o que é necessário para se adequar às diretrizes da empresa.

Com o assessment cultural, é possível lapidar seu processo de contratação, aumentar o engajamento e motivação do profissional e reduzir os índices de turnover.

Assessment pessoal

O assessment pessoal busca compreender o indivíduo, de modo a passar para o RH uma visão mais aprofundada do perfil e dos comportamentos dos funcionários.

Esse tipo de avaliação busca entender as pretensões, objetivos e também medir o potencial do profissional.

Além disso, é importante para que o RH compreenda se ele ocupa a posição correta dentro da estrutura organizacional — ou se sobram ou faltam responsabilidades ao mesmo.

Coaching assessment

O coaching assessment se aproveita de todas as informações coletadas nas avaliações realizadas para estipular um caminho de crescimento pessoal ao funcionário.

A função é, junto com o profissional, desenhar estratégias para que ele atinja suas metas e os objetivos do negócio (como aumentar seu fit com a cultura, por exemplo).

Assessment para desempenho

Já o assessment de desempenho, como o nome dá a entender, serve para avaliar a performance do profissional em determinado período de tempo ou em algum projeto específico.

Ela é muito utilizada para entender o que torna um profissional produtivo.

Métodos de assessment com maior potencial de resultados

Nossa dica é experimentar e compor uma estratégia de assessment que não se limite a um método, mas que abrace a todos. Desse modo, é possível criar uma jornada de avaliação que se complementa.

Assim, a empresa e o RH acabam por ter uma base mais completa de dados para se basear.

Afinal, de nada adianta simplesmente aplicar o assessment de desempenho uma vez por semestre, sem que haja um acompanhamento.

Se um profissional desempenha melhor que o outro, você vai ter como saber se é por conta de algum problema com a cultura da empresa ou a falta de projeção na própria carreira?

São respostas que uma estratégia completa de assessment pode facilmente fornecer.

Ferramentas assessment: quais podem ser utilizadas pelas organizações?

Lembra que mencionamos que o assessment não é feito apenas com uma conversa entre o responsável pelo RH com os profissionais? Algumas ferramentas e metodologias são necessárias, como:

Assessment de competências

O assessment de competências é uma ferramenta focada em, justamente, avaliar as competências dos profissionais. Ou seja, suas habilidades intelectuais e sua capacidade analítica e crítica de informações e situações.

É essencial para conferir se, além de outras questões, o profissional é proativo e autônomo o suficiente.

Trata-se basicamente de um mapeamento de competências.

DISC

O DISC é uma metodologia de avaliação de tendências comportamentais baseada em 4 pilares: Dominância, Influência, Estabilidade e Cautela.

Partindo do princípio que a personalidade é composta por esses 4 elementos, o método visa entender qual o padrão de cada profissional e como ele exerce cada um desses elementos.

Avaliação de inteligência emocional

A inteligência emocional é um tema com grande importância no mercado de trabalho atual.

Com essa avaliação, é possível entender como o profissional se sairia em situações de pressão, bem como na iminência de uma posição de liderança.

Dominância cerebral

A dominância cerebral é um modelo de avaliação que busca compreender o estilo de liderança de um profissional, quando essa é a sua função.

O objetivo é entender suas preferências comportamentais e como cada desafio é encarado (tanto emocional quanto racionalmente).

Saiba como aplicar o assessment em sua empresa

Existem diferentes maneiras de aplicar o assessment na sua empresa, mas o principal é alinhar o RH em torno da estratégia e definir exatamente quais métodos, ferramentas e sistemas utilizar.

Além disso, é claro, é necessário entender quais hard e soft skills a empresa busca de novos profissionais, e quais competências quer evoluir em seus colaboradores.

E lembre-se: é um processo que precisa de tempo para amadurecer, ganhar forma e impactar positivamente nos resultados da empresa.

Porém, as principais ações e acompanhamento podem ser feitas logo, em curtíssimo prazo.

Desenvolvimento e engajamento by blast

Como a tecnologia pode ajudar?

Existem diversos sistemas de RH no mercado que podem ajudar o setor dar o próximo passo quando o assunto é gestão do capital humano.

Com recursos completos, são soluções tecnológicas que automatizam várias tarefas, centralizam dados e melhoram a avaliação de desempenho e metas das equipes.

Inclusive, você pode encontrar todos os principais recursos necessários para evoluir seu processo de assessment nas tecnologias da TOTVS para RH!

Tecnologias TOTVS para RH

Com os sistemas TOTVS para RH, sua empresa tem em mãos as principais tecnologias do mercado para automatizar a gestão do capital humano.

Avaliação de desempenho, acompanhamento de metas, definição de cargos e salários, programas de treinamento e qualificação, centralização dos feedbacks e muito mais!

A TOTVS é campeã, por dez anos consecutivos, na categoria Tecnologia para Gestão de RH da premiação Top of Mind!

Então, que tal conferir mais sobre os diferenciais, recursos e possibilidades das tecnologias TOTVS para o seu RH?

Conclusão

E você, gostou de aprender mais sobre o assunto?

Ao longo deste conteúdo, explicamos o que é assessment, quais os benefícios de aplicá-lo na empresa, os diferentes tipos e quais ferramentas são essenciais!

Lembre-se, porém, que não se trata simplesmente de uma conversa com seus candidatos ou profissionais de longa data, mas um processo que precisa de acompanhamento, repetição e evolução.

E para gerenciar cada passo, nada melhor do que contar com os principais sistemas de RH do mercado, como as tecnologias da TOTVS!

Por fim, antes de nos despedirmos, que tal acompanhar nossas novidades direto do seu e-mail? Assine a nossa newsletter!

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.