Gestão de aprendizagem: conceito, importância e desafios

Equipe TOTVS | 28 janeiro, 2022

Em meio aos desafios do dia a dia, uma empresa precisa pensar em processos que conservem tudo aquilo de valor que possa ser retirado. É o que chamamos de gestão da aprendizagem organizacional, algo essencial para o seu crescimento e fortalecimento.

O conceito pode parecer estranho. Afinal, já não há responsabilidades demais para se preocupar?

A verdade é que a gestão da aprendizagem é uma maneira de criar conhecimentos e transferi-los de maneira bem-sucedida entre os funcionários, ao longo dos anos, de modo a fortalecer a qualidade das suas entregas.

Empresas não se dizem especialistas no que fazem? Essa expertise precisa vir de uma fonte rica (e não falamos apenas de CEOs, CTOs ou líderes).

Uma boa gestão da aprendizagem garante que a empresa fortaleça sua cultura organizacional, se mantenha forte no mercado e melhore seus resultados.

Neste guia, vamos explicar tudo sobre o conceito de gestão de aprendizagem, sua importância, como aplicar e muito mais. Vamos lá?

O conceito de gestão de aprendizagem

A gestão de aprendizagem em uma empresa volta-se aos processos e boas práticas relativas à criação, retenção, evolução e transferência de conhecimentos dentro da organização. Conforme sua empresa ganha expertise, é natural e esperado que ela evolua — e a gestão de aprendizagem serve para garantir isso.

Aqui, vale um parêntesis sobre a gestão de aprendizagem corporativa, que é diferente da gestão educacional — essa destinada às instituições de ensino.

Na realidade de uma empresa, conhecimentos, experiências, insights e ideias fluem a todo momento, a cada projeto realizado.

É essencial que a mesma se preocupe e invista tempo e esforço em criar, reter e corretamente compartilhar esse conhecimento, de modo a seguir melhorando nas suas entregas — e, no mínimo, não reduzir seu nível de qualidade.

Como funciona a gestão de aprendizagem?

Na prática, a gestão de aprendizagem funciona de acordo com os processos produtivos da empresa: ela conceitualiza um produto ou serviço, cria a solução e, após vendê-lo, reflete sobre o mesmo. É assim que a aprendizagem acontece no ambiente de trabalho.

Mas o que seria “refletir” sobre o produto ou serviço? Basicamente, o ato da equipe interagir entre si e com players de fora da empresa para encontrar problemas e as soluções para os mesmos.

Esse é um dos aspectos-chave da teoria de aprendizagem organizacional.

Desse modo, ao estabelecer processos de gestão do conhecimento, as empresas deveriam:

  • Valorizar as lições que o fracasso pode ensinar;
  • Permitir que indivíduos e equipes desafiem o status quo da organização;
  • Desenvolver uma cultura que valorize o compartilhamento de conhecimento;
  • Incentivar os funcionários de todos os níveis a continuarem sua educação regularmente (lifelong learning).

Além disso, é preciso entender que a gestão de aprendizagem acontece considerando 4 diferentes perspectivas:

Individual

Quando um colaborador aprende novas habilidades ou se sente livre para ter ideias sobre sua função, a produtividade e o desempenho geralmente melhoram.

É crucial, portanto, que esse colaborador seja incentivado a compartilhar esses conhecimentos e experiências aos colegas.

Grupo

Grupos também podem aprender novas habilidades juntos. Quando as pessoas passam a maior parte do tempo trabalhando em uma equipe, elas tendem a se coordenar de tal forma que aprendem como um grupo.

Ou seja, se tornam mais sincronizadas, eliminam gargalos e trabalham juntas em prol dos objetivos (agilidade, qualidade etc.).

Organizacional

O aprendizado organizacional é o processo da organização, como um todo, obter conhecimento e usá-lo de modo a se adaptar a novos cenários ou perseguir novas metas.

Interorganizacional

Um tipo mais raro de aprendizagem, normalmente específico de alguns modelos de negócios, como grandes redes de franquias ou empresas com várias operações em diferentes locais.

No caso das franquias, pode ser visto como o aprendizado constante da matriz sobre as melhores práticas de gestão para as unidades — o que é compartilhado com os franqueados, visando melhorar os resultados.

Qual a importância da gestão de aprendizagem?

Uma boa gestão de aprendizagem é essencial se a sua empresa busca se destacar, crescer e ser realmente competitiva em um mercado que está mudando de forma constantemente.

E essa já é uma perspectiva percebida pelas principais empresas do mundo.

De acordo com um relatório da Deloitte, 75% dos entrevistados afirmam que criar e preservar conhecimento em forças de trabalho em evolução é essencial ou muito importante para seu sucesso em curto e médio prazo.

Quer um exemplo? Se você se lembra da Nokia no começo dos anos 2000, sabe a força que a marca tinha. Era a principal referência na fabricação de celulares. Em 1998, seu valor era de US$ 150 bilhões.

Porém, poucos anos depois, ela perdeu todo o seu espaço e sucumbiu diante de empresas que apresentaram produtos mais inovadores, como a Apple e a Samsung.

Em 2013, a empresa vendeu sua operação de celulares para a Microsoft por “apenas” US$ 7,2 bilhões. Anos mais tarde, de acordo com matéria do Canaltech, a empresa e todo seu core produtivo basicamente não existem mais.

Um dos grandes motivos para tal foi que a Nokia falhou em aprender e se adaptar às novas circunstâncias do mercado.

Avessa ao risco, a Nokia relegou a cultura de aprendizado na empresa, fechando-se às inovações, o que atrapalhou (e, anos depois, sacramentou) a organização.

A Nokia é uma das empresas que sofreram pela falta da gestão de aprendizagem. É algo que várias organizações experimentam, dia após dia.

O que falta é um entendimento mais claro dos benefícios de investir nessa prática, que pode resultar em:

  • Mais produtividade: de acordo com estudos científicos, as empresas podem aumentar a produtividade implementando uma estratégia de aprendizagem social.
  • Redução das taxas de rotatividade: com uma cultura organizacional forte e incentivo ao aprendizado, os funcionários sentem-se não apenas à vontade na empresa, mas que esse é um lugar de crescimento.
  • Maior capacidade de se adaptar às mudanças: quando o conhecimento é livre e incentivado, a empresa pode enfrentar transformações no seu mercado.
  • Maior satisfação dos funcionários e clientes: de acordo com estudo da Australian Academy of Business and Economic Review, uma cultura de aprendizagem organizacional aumenta a satisfação dos funcionários, o que também impacta positivamente na experiência do cliente.
  • Melhoria dos níveis de habilidades: quando o aprendizado é parte natural da experiência humana na empresa, é mais fácil para os funcionários aprenderem e desenvolverem hard e soft skills mais facilmente.

Entenda os desafios da aprendizagem nas empresas

Para implementar corretamente suas bases de gestão de aprendizagem, uma empresa deve ultrapassar alguns desafios particulares a esse processo. Afinal, uma mudança que afeta a cultura da empresa sempre terá suas complexidades, entre elas:

  • Investimento: criar, reter e transferir conhecimentos pode ser tão fácil quanto começar uma conversa, mas como garantir que isso aconteça? É preciso investir em metodologias e, principalmente, sistemas que facilitem a gestão de aprendizagem e deem ao RH os recursos para organizar esse processo.
  • Tempo: conhecimento leva tempo, não há dúvidas. A empresa precisa se organizar de modo a criar uma linha do tempo compreensível para o treinamento e capacitação dos seus funcionários, de modo a não prejudicar os processos produtivos.
  • Engajamento: todos, do chão de fábrica à liderança, devem estar engajados com o objetivo de aprender e compartilhar conhecimentos.

Como aplicar a gestão de aprendizagem no ambiente corporativo?

E então, como iniciar o processo de implementação da gestão de aprendizagem na empresa? Separamos alguns passos bem simples para você compreender, veja só:

Estabeleça os objetivos da aprendizagem

O que a empresa espera da aprendizagem de seus colaboradores? Quais resultados a curto, médio e longo prazo? Essas são perguntas essenciais para compreender os objetivos por trás da gestão de aprendizagem.

Faça um planejamento de cada estágio

Uma mudança cultural pode ser um baque para a organização. Por isso, faça essa transformação em etapas e planeje cada passo, de modo a tornar o processo mais tranquilo e à prova de erros.

Defina qual será a plataforma de gestão de aprendizagem usada

Como mencionamos, a tecnologia é indispensável para poder corretamente gerir a aprendizagem organizacional. Um LMS (Learning Management System), o sistema de gestão de aprendizagem, é ideal para sua empresa.

Ele vai integrar seus processos, centralizar as tarefas e dados, simplificando a aplicação de treinamentos aos funcionários.

Assim, é possível não apenas acompanhar a evolução em nível individual, mas gerenciar essa jornada, personalizando cada passo.

Realize o processo de forma gradual

Como falamos, implementar a gestão de aprendizagem é um grande passo para a empresa, especialmente em nível cultural. Por isso, implemente cada passo de forma gradual, de maneira a não prejudicar os resultados.

Acompanhe de perto o desenvolvimento dos colaboradores

E claro, aproveite o potencial da tecnologia de gestão de aprendizagem para acompanhar de perto o desenvolvimento dos colaboradores. Cada etapa vai render excelentes insights para lapidar sua estratégia.

O que é um sistema de gestão de aprendizagem?

Um sistema de gestão de aprendizagem (ou LMS) é um software que ajuda empresas a fornecer e gerenciar treinamentos e conteúdos corporativos para seus funcionários.

Essa tecnologia ajuda a organização a integrar novos funcionários e, em seguida, fornece a eles o conhecimento e as habilidades necessárias para desempenhar suas funções e, por fim, avançar mais rapidamente em suas carreiras.

É um tipo de sistema essencial para as empresas que buscam fortalecer sua cultura organizacional, cuja liderança sente não ter controle do nível de aprendizado atual da empresa — o que acontece tanto em pequenas como grandes organizações.

Quais recursos um sistema de gestão de aprendizagem precisa oferecer?

Com um sistema de gestão de aprendizagem completo, você basicamente conta com uma secretaria digital que atende todas as demandas do aprendizado organizacional.

É possível organizar turmas e administrar cursos em trilhas de aprendizagem personalizadas, de modo a estimular a criação e desenvolvimento das competências que sua empresa precisa.

Tudo em poucos cliques, com múltiplos recursos complementares, como:

Gamificação

Utilize o sistema de gestão de aprendizagem para criar desafios baseados na gamificação. Desse modo, por meio de recursos inovadores e storytelling, você promove uma aprendizagem ativa e que realmente desenvolva habilidades dos colaboradores.

Gestão de conteúdo

Com o sistema certo, você gerencia todo conteúdo, criando e personalizando trilhas de aprendizagem de modo a oferecer programas de treinamento e capacitação únicos.

Educação híbrida

O sistema de gestão de aprendizagem não apenas melhora seus processos de criação, retenção e transferência de conhecimentos, mas permite que você o faça seguindo o modelo educacional que quiser: 100% online, 100% presencial ou conforme uma agenda híbrida, que mistura os modelos para maior praticidade e otimização do tempo.

Testes e pesquisas 

Aproveite todas as vantagens do sistema para aplicar testes e realizar pesquisas entre os participantes (sejam eles os alunos ou mesmo os professores), de modo a ter uma visão ampla dos problemas e agir mais rapidamente em cima das soluções.

Gestão de Aprendizagem by BLAST!

Sabe em qual sistema você encontra tudo isso que descrevemos acima? No Gestão de Aprendizagem by BLAST!, um um LMS (Learning Management System) completo e robusto, para atender a todas as demandas de gestão de universidades corporativas, programas de cursos e outras iniciativas de educação continuada.

Com isso, você ganha muito mais eficiência na distribuição de conteúdo educativo para colaboradores ou terceirizados.

O sistema é flexível, modular e permite ainda gerenciar os programas educacionais separadamente entre as unidades da sua empresa, proporcionando alta capacidade de escala. Conheça agora mesmo!

E aproveite também para testar grátis por 30 dias o Desenvolvimento e Engajamento by BLAST!, melhor ferramenta de desenvolvimento pessoal e de habilidades socioemocionais.

Desenvolvimento e engajamento by blast

Conclusão

Quando as empresas dedicam tempo e recursos para desenvolver uma cultura de aprendizagem, elas se tornam mais competitivas.

Isso lhes dá poder para várias coisas, como reagir rapidamente às transformações do mercado.

E além disso, uma organização que abraça as lições aprendidas com o fracasso e estuda seus próprios processos poderá, de forma contínua, melhorar a qualidade das suas entregas.

E na sua empresa, a gestão de aprendizagem já é uma realidade? Esperamos que esse conteúdo ajude sua organização a estabelecer as bases dos seus processos educacionais.Por fim, que tal emendar essa leitura com outro artigo do nosso blog? Confira o que é edutainment e como pode ser valioso para o seu negócio!

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.