Techfin: O que é, como funciona, tipos e vantagens

Techfin é uma empresa de tecnologia que entra no setor financeiro e oferece serviços inovadores e atualizados para empresas, facilitando sua relação com as finanças e as obrigações bancárias. As techfins são o próximo passo de uma evolução iniciada alguns anos atrás pelas fintechs. Ambos os modelos são tendências fortes que prometem movimentar o acesso …

Equipe TOTVS | 13 agosto, 2021

Techfin é uma empresa de tecnologia que entra no setor financeiro e oferece serviços inovadores e atualizados para empresas, facilitando sua relação com as finanças e as obrigações bancárias.

As techfins são o próximo passo de uma evolução iniciada alguns anos atrás pelas fintechs. Ambos os modelos são tendências fortes que prometem movimentar o acesso ao crédito e a outros serviços financeiros.

Para empresas, saber o que é techfin é muito mais importante agora.

Afinal, falamos de um modelo de negócio com produtos e soluções financeiras inovadoras, que podem transformar sua operação.

Nesse guia completo, vamos explorar tudo sobre o assunto, desvendando o conceito de techfin, como esse tipo de empresa funciona, quais serviços são oferecidos, vantagens e suas diferenças para as fintechs.

Tudo que você precisa saber sobre techfins, a seguir. Aproveite!

O que é uma Techfin?

Techfin refere-se a uma empresa de tecnologia que oferece soluções financeiras integradas ao próprio sistema de gestão da companhia, trabalhando com finanças e dados centralizados em uma mesma interface. 

Ou seja, uma techfin fornece um serviço financeiro para outras empresas.

Essa solução é, normalmente, mais avançada que as opções atuais do mercado, estabelecida em uma plataforma tecnológica robusta e disponível para uma maior base de clientes.

Basicamente, quando falamos de techfins, falamos de empresas de tecnologia que entraram no setor financeiro para mudar a forma como os usuários (geralmente, empresas) lidam com os serviços financeiros.

Assim, tornam-se concorrentes dos próprios bancos e instituições financeiras, pois oferecem produtos baseados em tecnologia, mas que resolvem necessidades financeiras específicas das empresas.

Desse modo, tornam os processos bancários mais ágeis, econômicos e seguros, bem como melhoram sua performance com foco em dados e na experiência do usuário.

O termo “techfin” foi cunhado pelo bilionário chinês Jack Ma (cofundador e CEO do Alibaba Group), que inclusive é citado como o criador da primeira techfin de todas, a Ant Financial, em 2004.

Techfins no Brasil

Comparado a outros mercados, as techfins no Brasil em sua maioria ainda estão se estabelecendo no mercado. Por sua vez, desde 2019 a TOTVS vinha no caminho para se tornar a primeira techfin brasileira, o que já é realidade.

Aproveitando sua expertise com dados e sua ampla plataforma tecnológica, a TOTVS começou a oferecer serviços financeiros que poderiam ser agregados à sua família de produtos de gestão de empresas.

Em entrevista para a Startupi, Juliano Tubino, Vice-Presidente de Negócios e Estratégias da TOTVS, explica essa transformação:

A TOTVS quer se tornar a primeira techfin do Brasil. Mas o que isso significa? 

Atualmente, a TOTVS Techfin oferece vários serviços financeiros personalizados para seus clientes, barateando o acesso e simplificando sua relação com as rotinas antes bancárias.

Para que serve uma Techfin?

A techfin é uma empresa de tecnologia que serve para criar serviços financeiros inovadores e modernizados, com foco em tecnologia, dados e na sua base de clientes.

Assim, as techfins são empresas de tecnologias que dão um passo além para o mundo das finanças.

Assim, eles aproveitam sua expertise com dados e sua base de clientes para fornecer serviços melhores do que os provedores de serviços tradicionais existentes.

Techfins contam com dados e estruturas desenvolvidas pela atividade principal da empresa de tecnologia.

Eles são então reaproveitados em serviços financeiros, de diversas formas.

Isso pode acontecer simplesmente melhorando a UX de um serviço existente, tornando os processos mais simples e com menos fricção.

Porém, a techfin pode ir mais longe, fornecendo todo front-end de serviços financeiros, servindo de elo entre o intermediário (a instituição financeira) e o cliente.

Com esses serviços inovadores, as techfins continuam coletando grandes quantidades de dados para si, mas identificando outros pontos cruciais sobre seus clientes, como suas necessidades financeiras, seu comportamento de pagamentos, a disciplina econômica, entre outros.

Como funcionam as Techfins?

O modo de operação de uma techfin é associado aos demais produtos da marca. Um caso para exemplificação é o da TOTVS Techfin que é associada ao Backoffice da TOTVS.

Atualmente, cerca de um terço da folha de pagamento de grandes empresas nacionais são feitas por um sistema TOTVS.

Assim, uma sugestão de automatização de processos é realizar parcerias com seguros e empréstimos, uma vez que as informações já estão alocadas na base de dados.

Outra possibilidade diz respeito a cobranças e financiamento de capital de giro com fornecedores. Com os dados dentro do sistema de ERP, essa ponte fica mais fácil.

A automatização pode atuar em atividades que possuem fluxo mensal. Como exemplo, imaginemos uma escola que emita boletos todo mês.

Segundo a análise de dados TOTVS, pelo menos 66% das escolas oferecem um Portal do Aluno.

Assim, a proposta é que seja disponibilizado um método de pagamento dentro da própria plataforma.

Qual é a diferença entre Techfin e Fintech?

Existe certa confusão entre os termos e conceitos de techfin e fintech. É justo, trata-se da mesma palavra, com uma inversão de sílabas. No entanto, acredite: são tipos diferentes de negócios — e nós vamos te explicar o que é cada um deles.

Veja bem: o mercado financeiro está se reinventando a fim de atrair novos usuários para os seus serviços, principalmente entre os mais jovens.

Assim, visa tornar o cotidiano bancário mais fácil para clientes e empresas.

As startups focadas no mercado financeiro, conhecidas como fintechs, ganharam espaço nos últimos anos, desde o cliente que executa tarefas básicas, como verificação de saldo bancário, até a gestão financeira de grandes empresas.

Como principal ponto entre os dois modelos, está a origem da organização subjacente.

A fintech investe na valorização da experiência do usuário em serviços bancários, apostando na tecnologia como solução.

Já as techfins fazem referência a uma empresa de tecnologia que oferece soluções financeiras para negócios que desejam modernizar sua operação na área.

É possível definir essa relação com uma frase do próprio Jack Ma:

A Fintech pega o sistema financeiro original e melhora sua tecnologia, já a TechFin busca reconstruir o sistema com tecnologia”.

Ambos os negócios se mostram como oportunidades no setor financeiro, oferecendo a possibilidade de um banco online.

Ou seja, uma empresa em que equipes especializadas em negócios financeiros ficam disponíveis para atender usuários e, de outro lado, a abertura de obter empréstimos e financiamento via aplicativo de celular, com equipes externas a bancos.

A melhor forma de compreender a diferença entre fintech e techfin é visualizar as áreas de atuação de cada um dos negócios.

Techfin

As techfins propõem modernização para empresas que desejam impulsionar negócios, facilitar transações bancárias e conquistar clientes que valorizam praticidade.

Isso, apostando em tecnologia em negócios financeiros.

Esses negócios não são, necessariamente, prestadores de serviços para bancos.

A proposta vai muito além e busca facilitar rotinas bancárias de qualquer empresa, como diferentes segmentos de comércio, educação, hospitalidade, saúde, etc.

Atualmente, grande parte dos serviços financeiros são disparados ou sustentados por um software de gestão.

Nesses casos, a melhor solução é associar o seu negócio a uma techfin que oferece uma plataforma de ERP.

Fintech

As fintechs também possuem diferentes frentes de atuação, oferecendo soluções focadas em determinados setores.

Como empresas de cobrança e conciliação de vendas com cartões, por exemplo.

As fintechs tornam as negociações integradas, passíveis de serem realizadas de forma mobile ou associadas às demais rotinas administrativas.

A proposta é preencher lacunas que bancos tradicionais não oferecem, partindo para soluções não tradicionais.

Nova call to action

Como as Techfins estão revolucionando o mercado financeiro

A revolução mais marcante das techfins no mercado financeiro é sua nova posição como competidoras diante de um setor dominado por antigas instituições.

Hoje, a combinação de finanças com a tecnologia é uma necessidade para o novo consumidor — tanto B2B como B2C, aliás.

As empresas nativamente tecnológicas que entraram nos serviços bancários só vão tornar a sua presença mais forte.

É um movimento natural, que vai obrigar essas mesmas centenárias instituições financeiras a se envolver com tecnologia em maior nível.

Isso não quer dizer que elas vão apenas desenvolver seus produtos, mas pensar no cliente de maneira mais competitiva.

Afinal, já não existe uma relação unilateral, visto que as techfins chegaram para tomar uma posição importante no mercado.

É preciso reconquistar os clientes e as oportunidades perdidas.

Com isso, novas parcerias vão surgir, bem como movimentos de transformação. Um deles, por exemplo, é o open banking.

Porém, esse peso já é sentido ao redor do mundo.

Você sabia que, hoje, cerca de 11,3% da receita das maiores empresas techs do mundo vem de serviços financeiros?

Esse é um dado de um levantamento do Bank for International Settlements (BIS).

Agora, quais motivos estão levando as techfins a trilharem um caminho tão promissor de sucesso? Temos algumas dicas, confira:

Base de clientes disposta a experimentar e testar

A maior vantagem que opera a favor das techfins é o fato de que a sua base de usuários está disposta a testar, justamente pela empresa ser como é.

Desse modo, a amostragem e o feedback são muito mais numerosos.

Uma robusta infraestrutura técnica

A razão pela qual as empresas de tecnologia têm uma vantagem em relação às instituições financeiras é evidente:

Quando a empresa tech entra no domínio financeiro, ela já está blindada para lidar com o fluxo de milhões de usuários em tempo real.

Melhores mecanismos de gestão de dados

Todo o ciclo de dados é muito melhor gerido pelas techfins do que pelas instituições bancárias e mesmo fintechs. Isso porque as techfins são preparadas para isso, experts em dados.

É por isso que seus usuários sentem-se tão à vontade compartilhando seus dados. Já percebeu o quão relutantes clientes de instituições bancárias podem ser?

Novamente, o fator da base da empresa tech ser mais disruptiva por si só, faz a diferença aqui.

Regulamentações semelhantes

Ao contrário do que normalmente se presume, o nível de regulamentação cobrado das empresas techs que entram no setor financeiro são as mesmas das instituições financeiras que envolvem tecnologia em suas ofertas.

Quais são os serviços oferecidos por Techfins?

O mercado das techfins ainda necessita de evolução, por isso não há uma tabela definida de serviços oferecidos. No entanto, algumas techfins já se destacam por alguns produtos disponibilizados com excelência, como:

Créditos e empréstimos

Uma das principais demandas das empresas brasileiras diante do período de crise foi a contratação de crédito.

Por isso, techfins brasileiras, como a TOTVS Techfin, focaram no desenvolvimento de produtos que atendessem a essa demanda.

De acordo com Juliano Tubino, em entrevista ao Canaltech, o crédito foi o que mais as empresas buscaram nos últimos meses.

“[…] diante desse cenário, a TOTVS desenvolveu e lançou novos produtos para facilitar, ampliar e baratear o acesso à crédito, como o TOTVS Mais Negócios, que oferece linha de crédito adicional para os clientes dos nossos clientes, o TOTVS Mais Prazo, que permite às empresas prorrogar a data de pagamento de boletos, o TOTVS Antecipa, que permite receber com antecedência pagamentos que já estiverem programados, além do TOTVS Painel Financeiro, que é uma plataforma de gestão, planejamento e projeção financeira, totalmente integrada ao ERP da empresa e que permite que os gestores financeiros acompanhem o fluxo de caixa em tempo real, fazendo análises preditivas.

Pagamentos 

Com a chegada do PIX, a área de meios de pagamentos tornou-se ávida por soluções que simplificassem a relação dos consumidores finais com o ato de pagar por suas compras.

E é claro que as empresas buscam por isso.

Nesse ponto, as techfins puderam atuar, criando soluções inovadoras que facilitam a implementação do PIX em suas operações.

A TOTVS Techfin criou, por exemplo, o TOTVS Pagamento Instantâneo, uma ferramenta que simplifica o processo de recebimento, integrando-se aos demais produtos TOTVS.

Serviços

Já no caso dos serviços, há uma variedade deles que está sendo desenvolvida pelas techfins e, em outros países, já é sucesso.

É o caso do WeChat Pay, um serviço do super app chinês WeChat (originalmente criado como um app de chat, mas que hoje é muito mais do que isso), que funciona como um recurso para realizar transações financeiras entre pessoas físicas.

Apenas em 2016, mais de 350 milhões de pessoas já haviam utilizado o serviço, que funciona através da linkagem das contas pessoais do WeChat com seu cartão de crédito.

Quais são as vantagens das Techfins?

Cada vez mais, o sucesso das empresas está associado à coleta de dados de uso dos usuários e, posteriormente, à análise dessas informações.

O objetivo é desenvolver a capacidade de personalização, aprendizagem rápida com insights, proporcionar envolvimento digital em real time e, assim, expandir ofertas de acordo com a demanda.

Empresas que atuam em outras frentes de automação já estão envolvidas no mercado de tecnologia.

Questões como talento digital, bases de clientes e experiência do usuário proporcionam proximidade com marcas corporativas de interesse do seu negócio.

A tendência aponta aumento da integração e da busca por soluções que associam os valores de fintechs e techfin à medida que o público se acostuma com esse tipo de serviço.

Serviços personalizados

Uma das principais vantagens de contar com produtos de techfins é que eles são personalizados para sua empresa, de acordo com suas necessidades.

Além disso, a relação contínua entre techfin-cliente, cria uma cultura de compartilhamento de informações que enriquece o produto e o serviço oferecido.

Praticidade

Lidar com uma techfin é muito mais prático do que com uma instituição bancária.

Muito provavelmente, o único requisito seja ser cliente da empresa tech por trás da techfin. É o caso dos clientes dos alguns produtos TOTVS, que podem aproveitar todo potencial de integração com as inovações criadas pela TOTVS Techfin.

Assim, podem ter em seu ecossistema — em questão de segundos — novas e completas soluções para facilitarem suas rotinas bancárias.

Processos simplificados 

Com uma techfin, os processos são muito mais simples, já que você lida de maneira mais direta com a empresa que vai lhe fornecer o serviço financeiro.

E claro: a techfin não foca apenas na conveniência, mas na experiência do usuário. 

Isso significa que cada processo ou ação que você quer tomar, é feito de forma muito mais intuitiva, em plataformas modernas e objetivas.

Automatização 

Já que falamos de modernização e tecnologia, um dos pontos positivos de utilizar soluções de techfins é o potencial de automatização de processos.

Por exemplo, com o TOTVS Pagamento Instantâneo, você pode fazer a conciliação de venda automática.

Já com o TOTVS Consignado, você automatiza a conciliação dos descontos em folha de pagamento de todos os empréstimos consignados tomados pelos seus funcionários.

Desse modo, é possível melhorar, ao mesmo tempo em que agrega valor à gestão do negócio e à sua operação como um todo.

Melhores taxas

Um dos grandes atrativos das fintechs é que, por conta da operação mais enxuta, é possível reduzir significativamente os custos.

E não falamos apenas das soluções em si, mas daquilo que é normalmente repassado ao cliente, como as taxas.

É o caso do TOTVS Antecipa, por exemplo, que permite que empresas simplifiquem o processo de antecipação de recebíveis, arcando com taxas super competitivas, mas sem incidência de IOF e TAC.

Integração ao ERP

Ao contar com uma solução de techfin, um dos principais benefícios é sua capacidade de se integrar ao ecossistema de produtos da empresa tech.

Um exemplo são as soluções da TOTVS Techfin, que podem ser integradas ao ERP da organização, bem como a outros produtos da família Backoffice.

Desse modo, você integra dados vitais para otimizar a operação e facilitar novas requisições (como a antecipação de recebíveis, com a integração das notas fiscais ao sistema).

Dados personalizados de análise

Por fim, a techfin é uma iniciativa que tem como um de seus pilares a coleta, gestão e processamento de dados.

Ao integrar uma de suas soluções em seu ecossistema tecnológico, você abre caminho para uma análise financeira muito mais personalizada.

Assim, reduz riscos, tempo de espera e tem em mãos um sistema constantemente alimentado por atualizações baseadas nos seus dados. Ou seja, sob medida para o seu negócio.

Afinal, as Techfins são seguras?

As techfins possuem uma robusta infraestrutura tecnológica, que assegura não apenas a segurança da operação, mas também dos dados de seus clientes.

Pense o seguinte: a techfin de sua escolha é a mesma empresa de quem você já comprou ou assinou o ERP ou CRM que usa para gerenciar seu negócio.

Para lidar com dados financeiros, a techfin não ficou parada no tempo.

Pelo contrário: é necessário adequar-se à proteção de dados, no mesmo nível que organizações do mercado financeiro de ações.

Portanto, sim, pode ficar tranquilo: as techfins são seguras!

TOTVS Techfin

Nesse ponto, você já sabe que a TOTVS Techfin é um dos destaque brasileiros no setor, certo? É a primeira techfin brasileira, com vários serviços já disponibilizados.

Falamos de soluções para Crédito, Pagamentos e também Serviços financeiros especializados e, o melhor de tudo, personalizados.

O objetivo da TOTVS Techfin é unir tecnologia e inovação para ampliar, simplificar e baratear o acesso da sua empresa a serviços financeiros de qualidade.

Sem aquela burocracia dos bancos, sem as altas taxas de juros das instituições financeiras.

A TOTVS Techfin age em cima das necessidades mais urgentes da sua empresa, facilitando e barateando a  sua relação com as rotinas bancárias e com suas obrigações financeiras.

Que tal descobrir mais? Visite a página da TOTVS Techfin e confira todas as nossas soluções e novidades!

Conclusão 

A capacidade de se adaptar às novas tecnologias é fundamental.

Por isso, entender a disponibilidade de produtos desenvolvidos por techfins são formas de aproximar o cliente e transformar a percepção sobre finanças.

Nesse guia completo, destrinchamos o assunto, te explicando tudo sobre o conceito de techfin, suas diferenças com as fintechs, suas vantagens e inovações até aqui.

Gostou do que aprendeu? Esperamos que esse conteúdo ajude você a tomar as melhores decisões de negócios e inspire a inovação na sua empresa!

Acompanhe o blog da TOTVS sobre as novidades deste mercado.

Nova call to action

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.