Análise de dados sem mistérios? Confira neste passo a passo

Os dados nunca foram tão importantes para as empresas como são atualmente. Diante de uma era digital, eles crescem em volume e qualidade, mas é uma boa análise de dados que faz desse recurso um dos grandes diferenciais de um negócio.

Em outras palavras, para aproveitar todo o potencial por trás das informações e dos dados que a sua empresa tem, é preciso analisá-los com atenção e eficiência. Se você ainda não conseguiu alcançar esse objetivo ou deseja ampliar os seus resultados, não pode perder este post.

Preparamos um passo a passo para realizar uma análise de dados completa e estratégica. Continue a leitura para aprender agora mesmo!

A importância dos dados na era digital

Você já ouviu dizer que “os dados são o novo petróleo”? Essa é uma afirmação que vem sendo amplamente difundida, pois as empresas contemporâneas estão aprendendo a utilizar o grande volume de informação gerada diariamente a seu favor.

A transformação digital trouxe mudanças significativas no cotidiano das pessoas e no universo empresarial. A computação em nuvem e a internet criaram um novo mundo, repleto de informações que podem ser decisivas para o sucesso de um negócio.

Mas, afinal, por que os dados ganham toda essa relevância no cenário atual? Podemos apontar vários motivos, entre eles:

  • é uma poderosa ferramenta de decisão;
  • ajuda na melhoria dos processos;
  • amplia a experiência do consumidor;
  • facilita o desenvolvimento de novos produtos;
  • auxilia a gestão de riscos;
  • torna a gestão do negócio mais eficiente e focada no público-alvo.

Os tipos de análise de dados mais comuns

Conforme visto, apostar na análise de dados é uma decisão que pode mudar os rumos de seu negócio. Aliás, essa estratégia deve ser utilizada por qualquer empresa, independentemente de seu porte ou segmento de atuação.

Há uma infinidade de insights valiosos a serem colhidos nos dados e um gestor inteligente deve aprender a transformá-los em grandes oportunidades. Para isso, é claro, você deve utilizar boas técnicas. Confira, a seguir, os tipos de análises de dados mais comuns!

Análise quantitativa

A análise de dados quantitativa tem como foco informações numéricas da empresa. No varejo, por exemplo, é possível analisar a quantidade de vendas realizadas, o fluxo de caixa e o seu nível de endividamento.

Perceba que são essenciais para a gestão financeira e estratégica de qualquer empresa e que, sem eles, é praticamente impossível fazer um negócio prosperar e se manter competitivo.

Análise qualitativa

A análise qualitativa observa a informação por trás dos dados. Explicando melhor, quando se avalia o número de vendas, observa-se, também, o perfil do cliente, os produtos que mais vendem e a demanda em determinadas datas.

A ideia é qualificar a atuação empresarial, tornando-a mais focada para entregar ao mercado exatamente o que ele precisa — o que reflete positivamente em sua competitividade e rentabilidade.

O passo a passo para uma análise efetiva

Você sabia que 73% das empresas estão investindo em Big Data e 63% em computação em nuvem? Os números revelam que os gestores estão atentos às contribuições proporcionadas pelos dados, mas ainda há muito a evoluir, não é mesmo?

É cada vez maior o investimento em soluções analíticas e a sua empresa não pode ficar de fora dessa tendência se quiser sobreviver a esse novo mercado — mais globalizado, automatizado e estratégico.

Para ajudá-lo, preparamos um passo a passo rápido e simples para desenvolver uma análise de dados eficaz. Acompanhe!

Comece planejando

O planejamento é a base de qualquer estratégia empresarial e, naturalmente, faz parte do processo de análise de dados. Assim, a sua primeira providência é definir objetivos, orçamento, cronograma e profissionais responsáveis, por exemplo.

Essa etapa é fundamental para que as informações colhidas sejam úteis e, principalmente, para que o procedimento possa ser finalizado com sucesso. Lembre-se de que, sem planejamento, você pode se perder durante o processo.

Defina o foco de sua análise

É preciso definir qual será o foco de sua análise. Afinal, uma empresa lida com dados e informações de diversos setores e temas.

Se você pretende ter uma previsão de vendas, não adianta analisar dados de RH, não é mesmo? Por isso, a definição do foco é primordial para o alcance de bons resultados.

Escolha as hipóteses e perguntas que serão trabalhadas

O próximo passo é a definição das hipóteses e perguntas que serão trabalhadas e devem ser respondidas com a análise de dados. No caso do volume de vendas, por exemplo, é possível analisar:

  • O produto x está tendo uma boa aceitação no mercado?
  • A renda obtida com as vendas são suficientes para cobrir os custos?
  • Qual é o estoque necessário para uma data sazonal?
  • Quais produtos precisam de um trabalho de marketing mais efetivo?

Colete os dados e faça uma boa análise

Todos os dados que forem relevantes para responder às hipóteses e perguntas levantadas devem ser colhidos. Para isso, você deve buscar as fontes corretas e ter o apoio de um bom sistema de gestão.

Em geral, o sucesso da coleta e análise de dados está associado ao uso de ferramentas modernas e completas, capazes de buscar as informações, gerar relatórios e facilitar a interpretação dos dados.

Tire as suas conclusões e predições

Por último, é hora de tirar as suas conclusões e predições. Isto é, com os dados em mãos, você já pode fazer uma análise inteligente e responder às perguntas levantadas na fase inicial do processo.

Nessa etapa, é interessante trabalhar os dados em diversos cenários e, se necessário, coletar novas informações. O importante é chegar à melhor resposta para as suas dúvidas, o ajudando a tomar a decisão mais vantajosa.

Vale a pena destacar que a conclusão nunca prova que uma hipótese é verdadeira. Na verdade, o resultado apenas dá uma orientação, facilitando a identificação da melhor estratégia de intervenção. Afinal, há diversas variáveis que podem interferir no resultado.

As ferramentas que podem ajudá-lo na análise de dados

Já imaginou coletar dados e analisar gráficos e relatórios manualmente? Essa, certamente, não é a maneira mais eficiente para se realizar uma boa análise de dados.

Na era digital, é possível contar com o apoio de diversas ferramentas essenciais para o alcance de resultados mais expressivos. Sem o apoio de tecnologia, você pode demorar bastante para tomar as suas decisões e corre o risco de cometer sérios erros.

Assim sendo, invista em um ERP de qualidade, que seja completo e acompanhe o desenvolvimento de seu negócio. É importante que o recurso escolhido seja flexível e colete todos os dados de seu negócio, sejam eles financeiros ou administrativos. Tenha certeza de que, com o apoio da ferramenta certa, a coleta e análise de dados será mais rápida e eficiente.

Tomar as melhores decisões é uma das grandes responsabilidades dos gestores. Mas isso não precisa representar dores de cabeça e noites em claro. Com os investimentos certos, a sua análise de dados pode se tornar mais efetiva e a sua empresa pode crescer com estratégia. Por isso, aproveite tudo o que aprendeu e todo o potencial das informações geradas em seu cotidiano.

Gostou das dicas apresentadas? Assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos como este em primeira mão! É 100% gratuito e vantajoso para você e a sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *