O que o self checkout tem a acrescentar ao mercado varejista?

Imagine o seguinte cenário: Clientes estão no supermercado em busca de um produto específico, mas as filas nos caixas estão enormes e os carrinhos cheios. O cliente perde a paciência e deixa de fazer a compra. Esse problema poderia ser evitado com um sistema de self checkout.

Em um segmento tão concorrido, o autoatendimento é fundamental para suprir as necessidades dos consumidores que precisam fazer suas comprar de forma rápida e prática.

Como funciona o self checkout?

Agora que você já sabe o que é self checkout, está na hora de entender como esse sistema funciona. O passo a passo que o cliente segue ao realizar um atendimento próprio passa pelas seguintes etapas:

  • O cliente coloca a cesta de compras no terminal;
  • Os códigos de barras são registrados por meio dos scanners;
  • Uma tela exibe os itens escaneados para que o cliente confira se está tudo certo;
  • O cliente fecha a compra e faz o pagamento via cartão de crédito ou débito,
  • Ao fim da operação é emitida a NFCe (Nota Fiscal de Consumidor eletrônica).

Os monitores do caixa self checkout contam como uma interface intuitiva, pensada para que o cliente consiga fazer sua compra do começo ao fim sem necessidade de apoio.

Embora possa se encaixar em diversos tipos de comércios, o foco do sistema self checkout é voltado para os supermercados, contando com todos os recursos necessários para a operação e integrando as informações geradas com o seu sistema de gestão.

Nesse processo de auto pagamento também é possível ter câmeras acopladas, permitindo o monitoramento do processo em tempo real.

Nova call to action

Quais as vantagens do self checkout?

O self checkout no Brasil tem ganhado mais força nos últimos anos, mas ainda está longe de ser uma tecnologia vista frequentemente nos estabelecimentos. Se você nunca pensou em adotar esse sistema no seu negócio, saiba os benefícios que podem ser proporcionados.

Diminui custos operacionais

Investir no autoatendimento é um método interessante e seguro para diminuir despesas. Por exemplo, ao implantar três caixas self checkouts no supermercado, é preciso só um supervisor para monitorar as vendas. A redução dos custos com mão-de-obra surge nesse ponto.

Qualifica o atendimento e reduz o tempo de espera

Um self checkout que significa uma nova alternativa para o cliente é perfeito, pois é rápido e eficiente. Isso torna a experiência do consumidor mais cômoda e agradável, reduzindo filas e satisfazendo mais clientes em menos tempo sem perder qualidade no atendimento.

Em uma época onde as pessoas estão cada vez mais autônomas e acostumadas com dispositivos tecnológicos, investir nessa solução é estar alinhado com o momento inovador do varejo.

É um equipamento para várias funções

Como explicamos anteriormente, para utilizar o self checkout o cliente escaneia os códigos de barras dos produtos na estação do caixa. Mas o que fazer com produtos que não têm código de barras, como verduras, frutas e legumes?

O sistema de autoatendimento possui uma opção de balança própria, com uma tela intuitiva que apresenta as fotos dos produtos para facilitar a pesquisa do consumidor.

O que analisar antes de implantar o self-checkout

Ao considerar a implementação do self checkout, primeiramente você deve definir as prioridades do seu negócio e se perguntar se faz sentido para o PDV.

Um dos pontos que merecem maior atenção é a escolha do software que será utilizado, também chamado de frente de caixa. Ele deve ser didático e intuitivo para que o consumidor consiga utilizá-lo sem dificuldades.

A grande quantidade de pessoas esperando por atendimento costuma ser o maior gargalo para um supermercado. Esse tópico pode influenciar bastante na decisão de desistir da compra. É por isso que você tem que estar atento se esse é um ponto fraco no seu negócio.

Vale lembrar que é essencial avaliar se há espaço físico na sua loja para abrigar os caixas de autoatendimento. Da mesma maneira, estude qual o melhor local para fixá-lo. Além de boa localização, deve haver sinalização, orientando os clientes a chegarem no terminal.

Certifique-se de que os clientes saibam da existência do caixa self checkout dentro do seu PDV. Naturalmente, uma nova tecnologia é uma atração por si só, mas não dura muito tempo se os clientes não forem estimulados a usarem o sistema e não se sentirem familiarizados com ele. Pense em como aguçar a curiosidade do público.

Como o self checkout da TOTVS pode te ajudar?

O sistema de self checkout da TOTVS é totalmente preparado para a nova realidade do varejo. Ele conta com todos os registros necessários para a operação.

Disponibilizando uma interface 100% adaptada e projetada para a autonomia do consumidor, a solução já nasce totalmente integrada às soluções de backoffice da TOTVS para alguns setores do varejo.

Gostou do conteúdo? Continue acompanhando nosso blog para saber mais sobre os temas que interessam a você e sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *