Sustentabilidade empresarial: o que é, importância e desafios

Equipe TOTVS | 10 março, 2022 - Atualizado em 03 maio, 2022

A sustentabilidade já é, há algumas décadas, um tema de muita atenção popular. O motivo é claro: trata-se da preservação do meio ambiente e como pessoas e negócios podem contribuir para isso. No caso das organizações, a sustentabilidade empresarial é cada vez mais tema das pautas gerenciais.

Hoje, é possível sentir o impacto ambiental da ação humana de várias formas, como no aumento dos níveis e no aquecimento dos oceanos.

E, enquanto vários testemunham esse desenvolvimento, muitos também buscam formas de reduzir os impactos e, de forma geral, contribuir com a construção de uma sociedade ambientalmente consciente.

Porém, não se engane: essa é uma missão das empresas — consumidores, governos, líderes de negócios e demais entidades sabem disso.

É por isso que a sustentabilidade empresarial é um tema tão urgente.

No entanto, muitas pessoas ainda não têm entendimento sobre o que ela é, assim como de exemplos de ações que podem ser realizadas pelas organizações.

O nosso guia completo vai servir para cobrir esse gap, explicando tudo sobre o assunto e mostrando a você a importância de uma boa gestão empresarial e desenvolvimento sustentável. Confira!

O que é sustentabilidade empresarial? Qual é o seu objetivo?

A sustentabilidade empresarial é uma estratégia que prega a organização dos processos corporativos de modo que a empresa, ao produzir e entregar seus bens ou serviços, não prejudique o meio ambiente e possa ainda crescer economicamente.

Em vez de apoiar a escalada maciça de negócios baseados em uma mentalidade de “lucro máximo no curto prazo”, a sustentabilidade empresarial prioriza o crescimento de longo prazo por meio de métodos sustentáveis.

Mas afinal, o que é sustentabilidade?

Existem vários conceitos no mundo todo — encarados de diferentes formas.

Podemos definir a sustentabilidade como a capacidade de suprir com as necessidades atuais sem comprometer a capacidade das gerações futuras suprirem as suas próprias demandas.

O objetivo da sustentabilidade empresarial é ajudar as organizações a estruturarem seus processos internos, migrando para uma rotina repleta de práticas sustentáveis e, ainda assim, que tragam bons resultados — resultados estes que devem contemplar 3 esferas: social, ambiental e econômica.

Qual a importância da sustentabilidade empresarial?

A importância da sustentabilidade empresarial é que a empresa se compromete a usar os recursos naturais com responsabilidade, investir no bem-estar do planeta e garantir que todos os envolvidos em seus processos sejam tratados de forma justa.

Assim, ao ser implementada, a sustentabilidade transforma a cultura organizacional de um negócio.

Como? Bom, a sustentabilidade corporativa busca alterar o senso comum dos negócios — a busca incessante por lucros no curto prazo, independente dos impactos.

Por exemplo, no maior estudo sobre empresas e mudanças climáticas conduzido pela consultoria BSR, 8 mil empresas abriram o jogo quanto ao risco climático sobre sua operação.

Dos entrevistados, 72% disseram que as mudanças climáticas apresentam riscos que podem afetar significativamente suas operações, receitas ou despesas.

Adotar práticas sustentáveis não apenas ajuda o meio ambiente, mas também contribui para a construção de um futuro corporativo mais consolidado.

As organizações comprometidas com iniciativas do tipo observam coisas como uma melhor reputação diante do mercado.

Aliás, de acordo com dados divulgados pela Forbes, 92% dos consumidores afirmam ser mais propensos a confiar em marcas que são ambientalmente ou socialmente conscientes.

Outros pontos são os custos reduzidos por conta de ações como reciclagem e reutilização de energia (ou utilização de bioenergia), aumento de produtividade e mesmo acionistas mais satisfeitos.

ESG e sustentabilidade empresarial: como se relacionam?

A relação entre o ESG e sustentabilidade corporativa é conceitual e bastante próxima. Na verdade, trata-se daquilo que muitos conhecem como o tripé da sustentabilidade empresarial.

O ESG (sigla para Environmental, Social and Governance) é um conjunto de padrões e boas práticas utilizados para entender se um negócio possui sustentabilidade para além das questões financeiras. Já escrevemos um guia completo sobre ESG, mas resumimos o que cada um dos pilares significa:

E – Environmental | Sustentabilidade ambiental

É um critério que inclui exigências relativas ao impacto direto da empresa no meio ambiente, como sua gestão de resíduos, plano de reciclagem, poluição de águas, logística reversa etc.

S – Social | Sustentabilidade social

O pilar social da sustentabilidade tem tudo a ver com o impacto da empresa nas pessoas, incluindo funcionários, clientes e comunidades locais.

Uma empresa socialmente sustentável levará em conta a igualdade de oportunidades, diversidade, direitos humanos e trabalho ético.

G – Governance | Sustentabilidade econômica

Esse pilar tem como foco gerar crescimento econômico de forma que não cause impactos culturais, sociais e ambientais negativos.

Isso é feito reduzindo ou interrompendo o uso de recursos finitos dentro de sua empresa, mantendo a transparência com o público e aplicando políticas anticorrupção.

Quais são as vantagens da sustentabilidade empresarial?

Então, por que é tão importante incorporar a sustentabilidade em seu negócio?

A princípio, pode ser difícil imaginar o impacto que esses novos valores podem ocasionar em sua operação, mas garantimos que a sustentabilidade pode trazer ótimos resultados.

Diminui custos com a produção

O uso de diferentes fontes energéticas e de soluções operacionais sustentáveis leva a uma economia direta nos custos de uma empresa.

Em um chão de fábrica, essas economias podem ser consideráveis.

Além disso, ações preventivas como o tratamento de efluentes antes do descarte em mananciais pode evitar que a empresa sofra com penalidades legislativas, sanções e multas.

E, sim, partir para a sustentabilidade exige certo investimento inicial, mas traz ótimos resultados financeiros no longo prazo.

Uma pesquisa de 2011 da McKinsey descobriu que 33% das empresas estavam envolvidas em políticas sustentáveis para melhorar a eficiência operacional e cortar custos. 

Ajuda na preservação do planeta

Em meio a tantos conceitos, muitas vezes a discussão sobre sustentabilidade perde seu foco principal: preservar o planeta.

Com ações e as melhores práticas, é possível criar uma cultura positiva e proativa nos processos corporativos, reduzindo os impactos ambientais.

Fortalece e melhora a imagem do negócio 

Um negócio tem tudo a ver com seus clientes: quando eles estão satisfeitos com sua empresa — e os seus valores são compatíveis — é mais fácil convertê-los.

A sustentabilidade corporativa ajuda a melhorar a imagem da empresa diante dos clientes, parceiros comerciais e mesmo acionistas (lembra do ESG?).

Na verdade, de acordo com uma pesquisa da Greenprint, 75% dos consumidores millennials estão dispostos a pagar mais em um produto se ele for ambientalmente sustentável.

Aumenta a valorização das ações na Bolsa de Valores

Com a popularização e a pressão por maiores investidas de sustentabilidade, cada vez mais negócios que abraçam a bandeira se tornam atraentes para potenciais investidores.

Ao incorporar elementos sustentáveis em sua estratégia de negócios, é possível atrair investidores para financiar seus empreendimentos.

Um exemplo é o ESG, o conjunto de boas práticas analisadas pelo mercado de ações, investidores e fundos de investimento para determinar se vale mesmo a pena colocar o dinheiro na sua organização.

Assim, a empresa aumenta as oportunidades e impulsiona seu crescimento econômico.

Contribui para a satisfação dos colaboradores

A sustentabilidade é um dos pilares que contribui para uma melhor experiência do colaborador.

Inclusive, de acordo com um estudo da SHRM, 38% dos funcionários são mais propensos a serem leais a uma empresa que prioriza a sustentabilidade.

Ou seja, práticas sustentáveis ajudam a garantir a retenção de funcionários.

Quais são os desafios da sustentabilidade empresarial?

Mas é claro que, como qualquer mudança de cultura, a sustentabilidade empresarial possui seus desafios. Eles variam de negócio para negócio, mas normalmente são os seguintes:

  • Investimento inicial: os custos da adesão à sustentabilidade podem ser altos de início.
  • Gerir a transição cultural: a sustentabilidade exige que a empresa mude sua filosofia corporativa, alterando processos e muitas vezes até mesmo os objetivos do negócio.
  • Gerir os programas de sustentabilidade: uma vez adepta da filosofia, é necessário administrar e integrar diferentes programas de sustentabilidade dentro do negócio, medindo seu desempenho e analisando sucessos e falhas.
  • Encontrar especialistas na área: a sustentabilidade ainda é um tema em desenvolvimento — especialmente acadêmico. Por isso, é complexo achar profissionais em quantidade para suprir as demandas de todas as empresas.

O que é o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE)?

O Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) é operado pela B3, a Bolsa de Valores brasileira. Considerada uma iniciativa pioneira, o objetivo é que esse índice tenha foco na questão sustentável das empresas.

O ISE analisa dados relacionados à questão de sustentabilidade de uma empresa, com base em eficiência econômica, equilíbrio ambiental, justiça social e governança corporativa.

Assim, o ISE é utilizado dentro da Bolsa de Valores para analisar o comprometimento sustentável das empresas com ações listadas.

Exemplos de ações empresariais sustentáveis

Existem diversas empresas empregando ações sustentáveis e que já se destacam no mercado com práticas que priorizam o meio ambiente. Que tal alguns exemplos?

A 3M integra a sustentabilidade por meio do programa “Pollution Prevention Pays”, que visa minimizar o desperdício e evitar a poluição por meio da reformulação de produtos, redesign de equipamentos, modificação de processos e reciclagem de resíduos.

A Nike incorporou a sustentabilidade em seu processo de inovação, criando a linha Flyknit, que usa um sistema de fios único. Além de reduzir a mão de obra, ele reduz muito o desperdício de materiais.

De acordo com a fabricante, o Flyknit reduziu o equivalente a 3,5 milhões de libras em resíduos e tirou 182 milhões de garrafas dos aterros sanitários.

Ética e sustentabilidade empresarial: qual a relação?

A relação da ética com a sustentabilidade é clara: uma empresa ética é comprometida com seus valores e políticas, engajando naquilo que socialmente é considerado bom.

A sustentabilidade empresarial é um conceito complementar, em que há a busca pelo bem do planeta e do meio ambiente.

Para uma empresa se tornar sustentável, ela precisa necessariamente ser ética, socialmente responsável e comprometida com o desenvolvimento social de todos os envolvidos e a comunidade ao seu redor.

Sustentabilidade empresarial x greenwashing: quais são as diferenças?

O “greenwashing” ou “lavagem verde” é um tipo de prática conhecida como a falsa sustentabilidade.

Ela acontece quando uma empresa se diz e faz propagandas sobre suas ações sustentáveis — quando na verdade é um discurso enganoso e que não é realidade na organização.

Quais são as principais tendências de sustentabilidade empresarial?

Existem várias tendências redesenhando o conceito e a aplicação da sustentabilidade empresarial nos negócios. As principais são:

  • Maior transparência por trás de processos;
  • Maior comprometimento com ações voltadas à diversidade e inclusão;
  • Uso e desenvolvimento de tecnologia verde e outros movimentos do tipo, como TI Verde, logística reversa, economia circular etc;
  • Atuação mais localizada de grandes empresas, de modo a valorizar os mercados locais e as cadeias de suprimentos regionais.

Qual a melhor forma de mensurar o impacto das ações sustentáveis desenvolvidas pelas empresas?

Uma empresa pode ter diferentes maneiras de medir o desempenho da sua estratégia de sustentabilidade.

O Balanced Scorecard Sustentável é um método de gestão estratégica que visa focar nos objetivos sustentáveis de um negócio — para além da perspectiva financeira.

Assim, realiza-se um mapa estratégico para entender os objetivos da empresa e quais os melhores indicadores para avaliar o desempenho.

Destaca-se também o potencial da tecnologia, como o uso de sistemas de gestão que facilitam o monitoramento da performance estratégica e sustentável.

Como a tecnologia pode ajudar a tornar as empresas mais sustentáveis?

As empresas podem seguir diferentes caminhos em direção à sustentabilidade, mas saiba de uma coisa: todos eles, hoje, envolvem a tecnologia.

Com soluções modernas, como a computação em nuvem, machine learning, business intelligence e data analytics, é possível automatizar processos e otimizar as funções.

O que isso tem a ver com sustentabilidade? Bom, ao entrar de vez na transformação digital, seu negócio adere a uma rotina paperless, dependente de todas as possibilidades que o mundo digital oferece.

É uma forma de reduzir o uso de recursos naturais e também de mitigar o uso indiscriminado de materiais como papel.

TOTVS Assinatura Eletrônica

Uma das soluções mais básicas para qualquer negócio em busca da sustentabilidade empresarial é o TOTVS Assinatura Eletrônica, conhece?

A solução da TOTVS, maior empresa de tecnologia do Brasil e 100% comprometida com ações sustentáveis, permite que qualquer negócio agilize e modernize o processo de assinatura de documentos.

Com a assinatura eletrônica, você pode assinar documentos virtualmente, com total segurança e certeza de validade jurídica.

O melhor é o potencial de automatização do processo, a facilidade de contatar as partes interessadas (notificando a todos por e-mail e reduzindo a necessidade de office-boys, por exemplo) e a integração completa com outras tecnologias TOTVS.

Que tal conhecer mais? Conheça mais sobre os benefícios e diferenciais do TOTVS Assinatura Eletrônica!

Nova call to action

Conclusão

E você, gostou do nosso guia sobre sustentabilidade empresarial?

Apesar de ser um tema complexo, o conceito já possui algumas décadas em desenvolvimento e há muito tempo é o foco de empresas, governos e consumidores como um todo.

Agora, é hora dos líderes de negócio investirem em soluções que ativamente aproximem suas organizações dos ideais sustentáveis que tanto buscam!

Para seguir lendo mais conteúdos do tipo, sugerimos que fique de olho em nosso blog! Assine a newsletter e receba os novos conteúdos direto em seu e-mail.

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Comentários deste post

  1. Roberto Dias Santos diz:

    Oi, Perfeito seu artigo, somente para complementar, tem um programa chamado: PCG Programa Classificados Grátis, esse Software é um agregador de sites de classificados, nele tem mais de 340 sites de classificados grátis onde você pode anunciar, usando esse Software você pode anunciar de forma automática nesses sites, vale muito a pena usar ele agiliza muito o trabalho além de te dar uma lista que sempre é atualizada com sites atuais, com esse programa você consegue ter mais trafego orgânico e assim receber visitas dos buscadores como o Google e outros, eu sempre usei esse programa para fazer publicidade e faço vendas praticamente usando apenas ele. Fica ai a sugestão... Seu texto me ajudou muito. Desejo uma maravilhosa semana a todos

Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.