Quer ficar por dentro das principais tendências do RH Digital?

Por muito tempo, o avanço tecnológico nas empresas ficou restrito a áreas operacionais, como a produção. A gestão do negócio e o setor de Recursos Humanos ficavam em segundo plano quando o assunto era automação e digitalização. No entanto, algumas ferramentas desenvolvidas recentemente estão derrubando esse preconceito e transformando esse departamento em um verdadeiro RH Digital.

Quer saber quais são as descobertas que estão possibilitando essa transformação? Continue a leitura! Vamos falar de 6 tendências que estão ganhando espaço nas empresas e contribuindo para que o RH desempenhe o seu papel estratégico de uma forma sem precedentes. Ficou curioso para saber quais são elas? Confira!

Qual é a importância da digitalização do RH?

Já há um bom tempo, especialistas alertam para a necessidade de enxergar o RH como um departamento estratégico. Ele não é apenas um setor burocrático, encarregado de cuidar dos documentos referentes à contratação, manutenção e demissão de colaboradores, bem como da rotina de pagamentos e benefícios. Hoje em dia, entende-se que a principal função dele é otimizar a gestão de pessoas e garantir que toda a equipe trabalhe alinhada aos objetivos de uma empresa.

Por isso, se em um primeiro momento as ferramentas digitais para o RH contemplavam apenas os aspectos burocráticos, como soluções de gestão de folha de pagamento e benefícios, atualmente a situação é bem diferente. O objetivo de muitas dessas alternativas tecnológicas é facilitar também as tarefas estratégicas, na medida em que usa recursos da Inteligência Artificial para compreender melhor as pessoas e avaliar como podem contribuir para que a empresa alcance os seus objetivos.

Webinars Gratuitos TOTVS - Conferência de Recursos Humanos

Nesse contexto, o investimento em ferramentas digitais é essencial. Ele permite que a empresa contrate os candidatos mais adequados para ocupar uma vaga e avalie o seu desempenho com precisão. Além disso, elas acumulam um grande volume de dados que pode ser usado para prever resultados, analisar opções de alterações e alocar pessoas para aumentar a produtividade e lucratividade. Descubra como!

Quais são as principais tendências do RH Digital?

Entenda quais são as principais ferramentas que o RH Digital está desenvolvendo ou utilizando, bem como as suas contribuições para a gestão de pessoas.

1. People Analytics

As ferramentas de People Analytics processam um grande volume de dados para que a empresa tenha uma visão mais precisa do perfil das pessoas. Elas reúnem ciência, tecnologia e gestão, fazendo com que a companhia conheça detalhadamente tanto os seus próprios colaboradores como os candidatos a uma vaga. Dessa forma, fica mais fácil identificar qual é o profissional mais adequado para uma função, por exemplo.

No entanto, os benefícios não param por aí. Esse tipo de ferramenta consegue analisar o desempenho do capital humano, fazendo com que o RH tenha condições de tomar decisões efetivas para promover o aperfeiçoamento e melhorar resultados. Ela também possibilita entender o comportamento dos colaboradores e as suas necessidades. Dessa maneira, a empresa consegue investir em ações efetivas para melhorar o seu bem-estar e, consequentemente, o engajamento do grupo.

2. RH na nuvem

Assim como os diferentes aplicativos usados pelas empresas, as soluções para o RH também migraram para a nuvem. Essa medida facilita não só o acesso remoto de gestores, fazendo com que eles tenham informações disponíveis o tempo inteiro, mas também possibilita a criação de portais de serviços para os colaboradores.

Desse modo, eles podem solucionar muitos de seus problemas ou solicitar providências a partir de qualquer dispositivo móvel, ampliando o conceito de Employee Self-Service. Até mesmo tarefas diárias podem se tornar mais simples com esses recursos.

Outra vantagem do RH na nuvem é que ele possibilita o controle rápido de dados de empresas que têm outras unidades ou filiais. As informações são sincronizadas em tempo real, permitindo que todas as pessoas com autorização para isso visualizem perfis profissionais de candidatos e colaboradores, relatórios de desempenho ou mesmo aqueles referentes à gestão de pagamento e benefícios. Tudo sem burocracia e seguindo protocolos de segurança muito efetivos.

3. Soluções mobiles

Uma tendência que está ganhando espaço no RH Digital é a utilização de soluções para dispositivos móveis. Em alguns casos, elas são operacionais, como os aplicativos que substituem o antigo relógio de ponto por um controle de presença por geolocalização. Os dados como horário de entrada e saída, inclusive de equipes remotas, são enviados diretamente ao sistema, sem que um funcionário precise registrá-los.

No entanto, essa não é a única aplicação desses dispositivos à realidade do RH. Um número cada vez maior de empresas está adotando soluções mobile no momento da seleção de profissionais. Os candidatos conseguem participar do processo mesmo à distância, o que facilita a captação de pessoas de outras cidades ou regiões. Algumas etapas, como testes de conhecimento técnico e de domínio de idiomas são realizados pelo smartphone ou computador. Existem inclusive games que ajudam a avaliar o perfil comportamental.

New call-to-action

4. Social Collaboration Tools

Não é de hoje que o engajamento é visto como um dos principais requisitos para a produtividade e performance de uma empresa. Uma das alternativas para facilitá-lo é o uso de ferramentas sociais de colaboração, como salas de bate-papo internas, aplicativos que permitem o envio de mensagens instantâneas e vídeos para comunicação.

Algumas empresas fazem isso por meio de aplicativos específicos, criados pela própria companhia. O objetivo é estreitar os laços e criar um nível de familiaridade que ajude a engajar os colaboradores desde a sua contratação. Essas ferramentas de conexão digital devem levar à integração pessoal.

5. Gêmeos digitais

Os gêmeos digitais são a representação de uma entidade do mundo real no sistema, ou seja, uma cópia virtualizada de processos. A princípio, uma grande vantagem de utilizá-los é tornar o desenvolvimento de produtos mais preciso, visto que é possível simular resultados e, dessa forma, acelerar a produção e reduzir os custos que seriam necessários para um longo processo de testes reais.

Essa tecnologia promete ter muitas aplicações, e não é diferente na área de RH. Uma delas é o aumento da qualidade e eficiência de processos. O gêmeo digital teria a capacidade de documentar os fluxos de trabalho, o que permitiria coletar e analisar dados para eliminar gargalos e favorecer a produtividade das pessoas.

6. Blockchain

Uma das principais dificuldades para a contratação é a confiabilidade das informações. O blockchain, uma tecnologia capaz de armazenar e transmitir dados digitais com segurança, pode solucionar esse problema. Existe um sistema criptográfico que permite que as trocas virtuais aconteçam sem intermediários, mas permitindo aos usuários verificar a sua validade.

A perspectiva é que o blockchain armazene informações sobre a vida acadêmica e profissional de uma pessoa. Ele acumulará dados sobre cursos realizados, treinamentos, habilidades confirmadas e resultados reais na carreira. Dessa forma, será possível construir uma reputação positiva a partir de fontes confiáveis. Ao buscar um candidato, as empresas recorrerão a esse acervo e conseguirão contratar com maior rapidez e eficiência.

O fato é que, à medida que essas tecnologias ganham maturidade, as possibilidades de aplicações aos diferentes setores de uma empresa também aumentam. De qualquer forma, para que o RH Digital atue de maneira totalmente estratégica, baseado em dados, é preciso recorrer à tecnologia para automatizar as tarefas operacionais e agregar inteligência aos seus processos.

Quer saber como a reforma trabalhista reforça a importância da tecnologia para o RH? Continue no blog e confira o nosso post sobre este tema!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *