Como unir tecnologia e varejo pode transformar os seus negócios?

A transformação digital tem um impacto considerável na sociedade como um todo, e nos negócios isso não é diferente. É por isso que a relação entre tecnologia e varejo vem avançando a cada dia. A forma de comprar e vender tem sido impactada diretamente pela ascensão das redes sociais e do uso de dispositivos móveis. …

Equipe TOTVS | 13 julho, 2022

A transformação digital tem um impacto considerável na sociedade como um todo, e nos negócios isso não é diferente. É por isso que a relação entre tecnologia e varejo vem avançando a cada dia.

A forma de comprar e vender tem sido impactada diretamente pela ascensão das redes sociais e do uso de dispositivos móveis. Da mesma forma, o cenário da pandemia de covid-19 também foi um catalisador para essas mudanças emergirem mais fortemente.

Nesse contexto, o aumento do e-commerce é só a ponta do iceberg quando se fala  da digitalização, prática que se tornou essencial para uma empresa crescer e se manter no mercado.

Portanto, se você quer saber mais sobre tecnologia e varejo, quais são as novas tecnologias e seus principais benefícios, continue no nosso artigo. Boa leitura!

Tecnologia e varejo: entenda como se relacionam

Embora seja cada vez mais perceptível aos olhos de todas as pessoas, os dados também mostram, de maneira prática, como varejo e tecnologia estão interligados.

Segundo uma pesquisa da Córtex, o setor varejista é o que mais investe em tecnologia para auxiliar os seus negócios no Brasil. Foram mais de 233,4 mil empresas avaliadas.

Desse público total das empresas, ainda, 19 mil delas investem em soluções tecnológicas pela necessidade de oferecer recursos para atender aos clientes. E, quanto maior for a empresa, maior será o investimento.

Essas formas de atendimento tanto podem ser relacionadas a serviços, a exemplo do desenvolvimento de aplicativos ou site, como também podem estar associadas a mais segurança na comunicação e vendas.

Dessa forma, a relação entre tecnologia e varejo passa a ser básica e fundamental. Todos os negócios precisam adotar práticas que os permitam evoluir e se tornar empresas atualizadas.

Qual a importância da tecnologia no varejo?

Uma empresa que investe em ferramentas tecnológicas sempre tem diversos ganhos. Na prática, a importância de incorporar a tecnologia ao varejo se dá pois ela:

  • melhora a experiência do consumidor, com uma melhor jornada de compra;
  • oferece maior produtividade para toda a equipe, reduzindo atividades manuais e desnecessárias;
  • promove a integração de todos os processos, desde o pedido até a logística de entrega;
  • facilita a gestão de dados e, por sua vez, tomadas de decisões.
omni by moddo

Como a tecnologia tem afetado a gestão do varejo e a experiência de compra dos consumidores?

É impossível falar de ferramentas tecnológicas e gestão do varejo sem falar do universo digital.

O cenário pandêmico do coronavírus, iniciado em 2020, fez com que o processo de migração para a compra online acontecesse de forma muito mais rápida. 

Por isso, o crescimento do varejo digital fez com que a imersão da tecnologia se tornasse ainda mais crucial para a prosperidade de uma gestão de varejo. 

Somente no primeiro trimestre de 2021, o varejo digital faturou R$ 35,2 bilhões. No total, foram realizadas 78,5 milhões de compras online no período, superando o ano de 2020, marcado também pelo e-commerce.

O resultado da segunda edição da pesquisa Transformação Digital no Varejo Brasileiro revelou que 90% dos entrevistados perceberam um crescimento no faturamento da empresa devido à adoção de iniciativas digitais.

Dessa forma, a incorporação de tecnologias no varejo, que muitas vezes estão associadas à transformação digital nesse setor, é uma tendência forte nesse setor.

Ao mesmo tempo, a tecnologia também tem afetado a experiência de compra dos consumidores, já que ela passa a ser muito mais diversa, com o cliente escolhendo a melhor maneira de realizar suas compras.

Como é o novo processo de compra do consumidor?

Como falamos, as transformações proporcionadas pela tecnologia também afetam quem compra no seu negócio. 

Em um novo ambiente, assim como os processos se modificam, a jornada de compra também se transforma. Essas etapas envolvem desde até a avaliação pós-compra.

Com as tecnologias, principalmente com o e-commerce, o consumidor não precisa mais ir até a loja física para decidir se vai levar um produto. Essa decisão pode ser feita em qualquer horário e local onde ele estiver.

O processo de compra, portanto, passa a ser mais fragmentado e mais interativo. Não há apenas um canal para comprar e tirar dúvidas: o cliente pode acessar uma loja pelo computador, pelo celular, além de se comunicar por outros canais.

Somado a isso, a própria pandemia transformou a relação dos consumidores. 

Se antes muitas pessoas optavam por comprar produtos básicos de forma física, a pesquisa da ConQuist Consultoria mostrou que 71% dos entrevistados passaram a preferir as compras online após a crise sanitária. 

Ou seja, a preocupação em ver o produto ao vivo, por exemplo, muitas vezes, não é maior que o conforto de comprar sem sair de casa.

Tecnologia e varejo: conheça as vantagens dessa associação

A inovação no varejo é responsável por otimizar a rotina operacional do comércio e, ao mesmo tempo, melhorar o relacionamento das organizações com os clientes, afinal, a experiência do cliente é tão importante quanto o próprio produto oferecido.

Considerando esses aspectos, quais são os benefícios trazidos pelas soluções tecnológicas? A seguir, vamos falar sobre os principais.

Evolução da experiência do consumidor

Em primeiro lugar, tecnologia e varejo, juntos, oferecem uma evolução e uma melhora na experiência do consumidor.

É fundamental trazer jornadas de compra envolventes ao seu cliente, com uma experiência encantadora e que deixará uma marca positiva em sua memória.

A tecnologia permite que o consumidor pesquise sobre a marca e se sinta familiarizado antes mesmo da compra.

Investir em atendimento diferenciado, descobrir as dores do público, trazer ofertas direcionadas e fazer um acompanhamento de pós-venda faz total diferença para uma experiência de alto nível.

Personalização do atendimento ao cliente

O atendimento ao cliente pode ser muito mais personalizado quando se faz uso de ferramentas tecnológicas. E a personalização dos serviços é fundamental.

Com essas soluções, é possível chegar até mesmo à hiperpersonalização. Nesse novo estágio, as mensagens, recomendações e ofertas são altamente específicas para cada cliente, no momento adequado. 

É preciso saber falar exatamente o que ele deseja ouvir. Com soluções e softwares, ou seja, a parte tecnológica, fica muito mais rápido conhecer a fundo o cliente

A partir disso é possível desenvolver atendimentos – sejam eles com pessoas ou artificiais –  baseado em dados atualizados e informativos para fazer com que ele se sinta único. Essa postura é fundamental em uma cultura centrada no cliente

Otimização de processos

Juntos, a tecnologia e varejo também auxiliam na otimização de processos. Os softwares de gestão, por exemplo, têm um papel essencial na automação de atividades, pois fazem o registro de informações, integram dados e possibilitam melhores decisões.

É crucial que todas as partes estejam integradas, com etapas bem definidas. Isso vai garantir que haja um fluxo otimizado de toda a venda, desde o marketing até o pós-compra, por exemplo.

Ao direcionar um colaborador para tarefas de maior valor agregado, que exigem análise estratégica, ao invés de aplicar seu tempo em atividades manuais e burocráticas, o padrão de qualidade só tende a aumentar, com gargalos minimizados de maneira significativa.

Aumento da produtividade

A tecnologia também pode promover um grande ganho com produtividade dentro de uma empresa. 

Como falamos, existem muitas soluções tecnológicas que substituem o trabalho manual do time e permitem que o colaborador possa focar em outras atividades humanas.

Além disso, a tecnologia pode ser usada em prol dos funcionários. Para proporcionar o melhor atendimento aos consumidores, a equipe de colaboradores deve ser treinada com a devida capacitação e suporte.

Isso se estende à utilização de dispositivos tecnológicos e sistemas eficientes, seja para canal de atendimento, consulta de preços, trocas e devoluções ou meios de pagamento, que agilizam o processo e elevam a satisfação e o número de vendas.

Economia de custos

Ferramentas tecnológicas no varejo também auxiliam na redução de custos. Em primeiro lugar, isso acontece pois, como falamos, será utilizada uma máquina para liberar uma pessoa de fazer a atividade, dessa forma, ela pode usar esse tempo para outro serviço.

Um grande exemplo disso é o setor de informações. Os custos envolvem desde a contratação e manutenção de infraestrutura ao treinamento de pessoal para evitar a perda de produtividade devido a ausência de integração entre as áreas.

Com um software de gestão inteligente, por exemplo, é possível agregar todos os dados e procedimentos da empresa em uma única plataforma. 

Além disso, em vez de gastar com a gestão de diversos sistemas diferentes, o investimento é feito em apenas um.

Diminuição de erros

A tecnologia também é uma grande aliada para reduzir erros dentro dos processos empresariais. 

Com uma solução tecnológica, fica bem mais simples de se identificarem as falhas. Ao mesmo tempo, também se torna mais fácil reduzi-las como um todo, afinal, os dados estão constantemente atualizados pela inteligência de alguma máquina ou software.

Ao adotar um sistema automatizado, você terá informações preenchidas de forma eletrônica e instantânea.

Dessa forma, o controle de estoque, por exemplo, que conta com informações que entram automaticamente pode ser beneficiado com isso.

Tecnologia e varejo: confira os principais exemplos

Mas, afinal, quais são as tendências e ferramentas que têm sido utilizadas dentro das empresas de varejo? 

Nesse artigo, vamos trazer exemplos de quais são as principais inovações que precisam estar presentes na sua empresa. Separamos algumas delas a seguir, confira!

Omnichannel

A primeira e mais importante estratégia para aliar tecnologia e varejo é a orientação de um negócio para o omnichannel.

Adotar uma estratégia omnichannel consiste em integrar diferentes canais e pontos de venda, garantindo ao cliente uma experiência de compra que una praticidade, qualidade e bom atendimento. É fundamental integrar os diferentes canais de venda do seu negócio, sejam eles online ou offline.

E, por mais diferentes que os canais sejam, é importante que o padrão de qualidade acompanhe todos.

Por exemplo, se um cliente em potencial faz uma compra online e escolher realizar a retirada em uma loja física, todas as informações sobre o pedido devem ser facilmente acessadas pelos vendedores, sem que o cliente precise esperar muito ou encarar qualquer tipo de transtorno.

Big data

Todas as atividades empresariais e comerciais geram dados. Ao serem armazenados, organizados e analisados corretamente, podem trazer insights poderosos e ajudarem na melhor tomada de decisão estratégica.

Entre pedidos de compras, orçamentos, balanços financeiros, ordens de serviço, resultados de vendas e históricos de campanhas de marketing, uma solução de big data é fundamental para cruzar dados e tornar um volume massivo de informações em material rico.

Com um sistema dessa natureza, é possível identificar padrões de comportamento dos consumidores, mapear hábitos de compras, antever tendências, se preparar para sazonalidades e descobrir dores do público, se diferenciando da concorrência.

Internet das coisas

A Internet das Coisas (IoT) tem uma ligação intrínseca com a análise de dados, sendo que sistemas e objetos podem gerar e trocar informações, capazes de enriquecer a rotina empresarial e também dos clientes.

Com aparelhos conectados em rede, a utilização dessa tecnologia é ainda mais valiosa ao monitorar a interação dos clientes com a loja física.

Assim, é possível saber em qual área do PDV os consumidores passam mais tempo ou que tipos de produtos provocam as melhores reações.

Também é possível traçar uma segmentação mais precisa, ao relacionar faixas etárias com itens específicos e compreender quais seções atraem mais homens, mulheres e crianças, por exemplo. 

Tudo isso ainda pode ser somado ao envio de mensagens com novas promoções personalizadas, assim que o cliente se aproxima do ambiente.

Cloud computing

O cloud computing facilita o acesso e a navegação em plataformas de vendas digitais e sistemas de gestão, agilizando pontos como consulta de estoque e comparação de preços por meio de dispositivos móveis.

Tudo em tempo real, afinal, basta ter conexão com a internet. Outra facilidade oferecida pela computação em nuvem é a segurança de dados, que fica sob responsabilidade do operador, além da economia de espaço e manutenção que os servidores físicos normalmente exigem.

Blockchain

O blockchain é uma solução tecnológica que permite o rastreio de um produto durante todo o processo, ou seja, desde a saída do produto do fabricante até chegar no varejo.

Dessa forma, faz o registro de transações e o rastreamento de ativos. Qualquer item de valor pode ser rastreado e negociado em uma rede de blockchain. 

Ele facilita a validação de transações digitais e trocas de informações processadas por usuários de uma rede descentralizada de computadores. 

Mapas de calor

Uma outra tecnologia interessante para o varejo são os mapas de calor. Eles podem ser usados para analisar o comportamento do consumidor em um estabelecimento comercial ou em um espaço virtual, como um site.

De acordo com a movimentação das pessoas, o sistema vai determinar se os produtos daquela região são atrativos para o consumidor. Quanto maior for “o calor”, mais as pessoas estão interessadas.

No espaço físico, as imagens capturadas pelas câmeras vão mostrar as áreas mais visitadas. No espaço digital, é possível ver em que parte da página há maior presença dos usuários.

Tecnologia mobile e aplicativos

O uso de aparelhos eletrônicos também é um ponto importantíssimo para se levar em conta na hora de investir em tecnologias de varejo. 

Só para se ter uma ideia, no Brasil, existem mais smartphones em uso que pessoas. São 242 milhões de celulares inteligentes sendo usados pelos brasileiros, de acordo com o IBGE.

Além disso, em um levantamento realizado pelo Google Shopper Marketing Council, foi apontado que 79% de usuários que possuem smartphones realizam compras pelo celular. Por essa razão, é imprescindível ter um canal de venda pensando nesses aparelhos.

Seja por aplicativos ou por sites responsivos, a maioria das grandes empresas permitem uma compra fácil pelos aparelhos digitais, além de oferecer marketplaces dentro de apps. 

A tecnologia mobile, por exemplo, tem sido muito utilizada por supermercados. Aplicativos de delivery são uma importante alternativa de entregas das compras para os clientes.

Self-checkout

Muitos clientes querem ter experiências rápidas sem intermédio para executar atividades que eles mesmos podem fazer. É por isso que a solução self-checkout tem se tornado um grande exemplo de associação entre tecnologia e varejo. 

Nesse formato, o próprio cliente faz toda a sua compra. Ele mesmo vai passar os produtos para a leitura, assim como também vai escolher o modo de pagamento e, por fim, ainda será responsável por embalar todos os itens.

Caso tenha alguma dúvida, ele pode falar com alguém da empresa, sem a necessidade de pessoas apenas para essa função. Além disso, a praticidade do autoatendimento também vai contribuir para a redução de filas na hora de pagar.

Sistemas de pagamentos inteligentes

O processo de compra do varejo também pode ser facilitado por meio da tecnologia.  Os sistemas de pagamentos inteligentes são sistemas de transação da responsabilidade de instituições financeiras que não fazem uso ou de uma framework monetária.

Alguns dos tipos de pagamentos inteligentes são aqueles que acontecem apenas por aproximação, além dos pagamentos por celular ou por relógio inteligente. Serviços como o Apple e Google Pay são grandes exemplos disso.

PIX

Além dos sistemas de pagamento inteligentes, o PIX é um meio de pagamento criado pelo Banco Central do Brasil, totalmente baseado em tecnologia, que também facilita compras no varejo.

Esse formato pode ser entendido como pagamento instantâneo que pode ser feito em qualquer momento, mesmo em fins de semana e feriados.

Essa opção é positiva pois para quem compra com você, não há qualquer custo.Ou seja, para a pessoa física que compra em uma loja, ela pode fazer essa transferência, de forma gratuita.

Beacons

Os beacons podem ser compreendidos como ferramentas de geolocalização para ambientes fechados, sendo um dispositivo BLE (Bluetooth Low Energy). Essa solução favorece a interação entre dispositivos e pessoas.

Na prática, permite que o aplicativo de compras da loja envie uma oferta vigente naquele dia para o cliente que esteja com o bluetooth ativado. Ao captar os clientes nas proximidades, o beacon pode ajudar o estabelecimento a fazer mais vendas.

Tecnologia e varejo: TOTVS Omni by Moddo

Entre as principais soluções tecnológicas aplicadas no varejo, está o omnichannel

O TOTVS Omni by Moddo é a plataforma omni da maior empresa de tecnologia brasileira, referência em inovação e soluções que ajudam negócios em todo o país.

Por meio dela, você pode conectar estoques, integrar os mais diversos canais de vendas e aumentar suas taxas de conversão

Transforme sua operação em omnichannel com o TOTVS Omni by Moddo!

Conclusão

Ao longo deste conteúdo, explicamos a importância da implementação de ferramentas tecnológicas nesse setor. 

Associando tecnologia e varejo, é possível melhorar a experiência do cliente, aumentar a produtividade da equipe e reduzir custos e falhas.

Você também conheceu os principais exemplos práticos de soluções que auxiliam as lojas, como é o caso da omnicanalidade.

O TOTVS Omni by Moddo é uma excelente forma de usar a tecnologia para integrar seus canais de vendas.

Se você gostou desse conteúdo, pode aproveitar para ver mais. Continue no nosso blog e confira o artigo que produzimos sobre o que é e como funciona dropshipping!

Artigos Relacionados

Deixe aqui seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar a experência do usuário. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Cookies para saber mais.